Pin It
Home » Hotéis e Pousadas » Hotel Nahuel Huapi, Bariloche Argentina


Fachada do hotel Nahuel Huapi no centro de Bariloche

Hotel Nahuel Huapi

Em nossa visita a Bariloche, ficamos hospedados no hotel Nahuel Huapi, na calle Moreno. Hotel super bem localizado, fica perto dos principais restaurantes e da rua Mitre onde está o principal comércio da cidade com mercado, lojas, casas de câmbio, agências de viagem e aluguel de carro, cafés, chocolaterias…
Também bem próximo estão o lago Nahuel Huapi e o Centro Cívico, onde fica o centro de informações turísticas.

Infelizmente, falha nossa, esquecemos de tirar fotos de dentro dos quartos. Só nos lembramos das fotos nos últimos minutos quando já estávamos saindo para o aeroporto.

O hotel em si é muito bom, pessoal simpático e prestativo, café da manhã razoável e bom sistema de aquecimento. Você pode reservar o Nahuel Huapi online.

Quando chegamos nos colocaram em um quarto antigo. Ligamos o chuveiro e a água não estava esquentando. Reclamei na recepção e na mesma hora nos trocaram para um quarto bem melhor onde o chuveiro estava funcionando bem.

Um outro dia, já mais pro fim da viagem, achamos que o aquecimento no quarto não estava legal. Reclamamos na recepção e saímos para um passeio. Quando retornamos o quarto estava quentinho e tinha um aquecedor portátil para usarmos quando quiséssemos. Muito bom.

Entrada do hotel Nahuel Huapi no centro de Bariloche

Entrada do hotel Nahuel Huapi no centro de Bariloche


O que mais nos incomodou no hotel foi uma turma de brasileiros da terceira idade que chegou na madrugada fazendo escândalo. Falando, gritando, batendo portas e se comportando como se fossem adolescentes enlouquecidos, eles acordaram o andar inteiro, se não o hotel todo.

O hotel Nahuel Huapi possui estacionamento, onde deixamos nosso carro alugado.

Saguão do hotel Nahuel Huapi, centro de Bariloche. Argentina

Saguão do hotel Nahuel Huapi, centro de Bariloche. Argentina


É um hotel bem urbano, não tem vista bonita, mas cumpre muito bem o propósito de hospedar bem os turistas. Como quase nunca ficávamos no hotel, sempre chegávamos e saíamos de um passeio ou outro, para nós o importante era conforto, aquecimento e localização.

O hotel oferece também cofre e wi-fi sem custo extra.

Nosso quarto era na porta da direita. :)

Nosso quarto era na porta da direita. :)


Na saída eu havia me esquecido de que ainda tínhamos que pagar o transporte até o aeroporto. Estava já sem Pesos (moeda argentina) e na última hora comentei com o rapaz da recepção. Ele sorriu e disse que o hotel faz câmbio de valores pequenos para ajudar os hóspedes nesses momentos. É claro que a taxa de conversão deles não é das melhores, mas me salvou na hora do aperto. Ponto pra eles!

Outros artigos sobre Bariloche e região:
Sessenta dicas rápidas sobre Bariloche e região
Como se vestir na neve
Roteiro de 4 dias em Bariloche
Circuito Chico e Cerro Campanário, Bariloche
Hotel del Viejo Esquiador, San Martín de los Andes
Domingo de Neve em Cerro Otto
Villa la Angostura e Cerro Bayo
Onde comer (ou não) em Bariloche e San Martín
Cerro Catedral, o centro de esqui mais importante do hemisfério sul
Passeio Lacustre: Isla Victoria y Bosque de Arrayanes
Rota dos Sete Lagos, de Bariloche a San Martín de Los Andes
Cerro Tronador e Ventisquero Negro
Bariloche, Argentina. E tinha neve no paraíso!
De San Martín de Los Andes a Bariloche por Rinconada

Gostou do artigo? Dê um “curtir” e compartilhe com seus amigos!


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

    Receba nossas atualizações por e-mail:



8 Responses to Hotel Nahuel Huapi, Bariloche Argentina

  1. Pesquisei muito para saber qual o melhor jeito de levar grana para a Argentina e não consegui chegar a uma conclusão. Arrisquei um pouco levando apenas US$ 220 no bolso e meu cartão de crédito Mastercard, de débito Maestro (ou Redeshop) e o cartão do Banco Itaú, onde tenho conta. Há caixas eletrônicos do Itaú em Buenos Aires e Mendoza, onde saquei diretamente em pesos com a cotação oficial. Foi uma ótima! Uma dica é trocar os dólares no próprio aeroporto no guichê do Banco de La Nación Argentina, pois trabalha com a cotação oficial. Outra: dá pra trocar os pesos por dólares de novo na hora de voltar, se o avião sair de Buenos Aires. Não sei quanto às outras cidades.

    • Camila Guerra disse:

      Olá Tommie,
      Obrigada pelas dicas! Seja bem vindo!
      Eu levei um pouco de pesos (que já tinha comprado quando fui a Foz do Iguaçu) e levei dólares e reais.
      O câmbio fiz por lá mesmo. Quando passamos no Aeroparque a casa de câmbio estava fechada, acho que por ser domingo.
      []’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top