Pin It
Home » Dicas » Visto americano – perguntas e respostas


Já descrevemos passo a passo como é o processo para obtenção ou renovação do visto americano, mas muita gente tem dúvidas relacionadas à documentação e situações diversas.

Pensando nisso, fizemos esse post com perguntas frequentes que já respondemos nos comentários do artigo com o passo a passo para tirar o visto americano. Assim fica mais fácil encontrar as respostas.

Novamente gostaria de mencionar que não temos nenhuma ligação com o consulado americano e tampouco vendemos serviço para obtenção de visto. As respostas abaixo são baseadas em nossa própria experiência e na experiência de nossos leitores. Vamos lá:

Como tirar visto americano

Dúvidas sobre o visto americano


1) Quem está isento da entrevista?

– Quem está renovando e teve visto emitido após 1º de janeiro de 2008; (detalhes sobre a insenção da entrevista para vistos americanos)

– Menores de 16 anos e maiores de 66 (detalhes sobre a isenção da entrevista nesses casos)

2) Não tenho passaporte ainda mas já dei entrada no processo. Posso começar a preencher o DS-160?

Não! Você precisa do número do seu passaporte para informar no DS-160.

3) Meu passaporte está vencendo mas eu já marquei a renovação. Posso usar o antigo para iniciar o processo de obtenção do visto?

De jeito nenhum! Não existe renovação de passaporte. Você receberá um passaporte novo, com número novo e o anterior será anulado. Se você usar o número antigo para começar a preencher o DS-160, vai ter problemas.

4) Quais os documentos eu preciso levar ao CASV?

– Confirmação de preenchimento do DS-160 (folha impressa com o código de barras. Não precisa levar o formulário completo)
– Passaporte com validade mínima de seis meses
– Folha de confirmação de pagamento da taxa (impressa diretamente no site após o pagamento. Aquela bem simples mesmo)

5) Quais documentos preciso levar para a entrevista no consulado?

Abaixo vai uma lista dos documentos que sugiro levar, mas cada um deve adaptar a documentação à sua realidade. A falta de um deles não significa impossibilidade de conseguir o visto.

– Passaporte válido (obrigatório!)
– Se for renovação, passaporte anterior caso ele contenha o visto vencido ou por vencer. (Se o seu passaporte estiver vencido e seu visto também, antes da fazer outro passaporte, tire xerox de todas as folhas para levar ao consulado pois a Polícia Federal retém passaportes que não contém vistos válidos)
– Comprovante de renda (IR, contrato de trabalho, carteira de trabalho, contra-cheques, etc)
– Extrato bancário dos últimos 3 meses
– Comprovante de matricula em faculdade, colégio, pós-graduação
– Carta convite de uma pessoa/empresa dos EUA caso você esteja indo participar de um curso, congresso, seminário
– Comprovante de residência
– Comprovante de casa própria e outros imóveis

Leia nosso post com treze dicas para fazer uma boa entrevista para o visto americano.

6) Uma outra pessoa vai pagar a minha viagem pois eu não tenho renda suficiente. O que eu preciso fazer?

A pessoa que vai bancar sua viagem precisa fazer uma declaração escrita e com firma reconhecida.

Além disso, você vai precisar comprovar que a pessoa que declarou ser o patrocinador da sua viagem tem condição financeira suficientemente boa para arcar com as despesas. Para isso, você deve levar para a entrevista documentos como IR, extrato bancário e outros documentos que comprovem a situação financeira do seu patrocinador.

7) Sou menor de idade, posso fazer a entrevista sozinho?

Não. Você vai precisar da presença de um de seus pais.

8) Estou desempregado, não tenho renda, não estou estudando e não tenho imóveis. Tenho chances de conseguir o visto?

Suas chances são reduzidas pois a entrevista existe para que o agente consular identifique imigrantes em potencial. Se você não tem nenhum vínculo com o Brasil (emprego ou outras fontes de renda, estudo, etc) você pode ser considerado um imigrante em potencial e ter seu visto negado. Mas é claro que isso não é regra.

9) Já imigrei ilegalmente para os EUA e morei lá alguns anos. Agora estou de volta ao Brasil e gostaria de visitar amigos e parentes que ficaram por lá. Eu tenho chances de conseguir o visto?

Se você está de volta ao Brasil por um período inferior a 10 anos, não conseguirá o visto! Os imigrantes ilegais sofrem uma punição por ter burlado a lei americana e devem permanecer sem pisar em solo americano por 10 anos.

Se você já cumpriu os 10 anos, vai precisar comprovar renda, vínculo e ter seu processo muito bem estruturado. Como a entrevista busca identificar imigrantes em potencial e você já provou que é um, suas chances reduzem.


10) Tive um visto negado. Isso significa que não vou mais conseguir visto americano?

Não. Significa que na época que você tentou, não conseguiu convencer o agente consular de que tinha condições de viajar para os EUA e, de alguma forma, poderia ser um candidato a imigrar ou causar problemas por lá.

O consulado sabe que a situação das pessoas muda e você pode tentar novamente, quando sua situação for melhor. Mas meu conselho é que não tente com intervalos curtos. Se demonstrar que está desesperado para viajar aos EUA, pode ter o segundo visto negado e aí, complica mais um pouco.

11) Comprar a viagem antes de solicitar o visto me ajuda na hora da entrevista?

Não. O próprio consulado instrui os solicitantes a não comprar nada antes de ter o visto em mãos. Mesmo que o agente consular conceda o visto, o pedido ainda pode cair em processo administrativo e costuma demorar para liberar.

12) O DS-160 possui um campo obrigatório para o solicitante informar o hotel que ficará hospedado. Se não posso comprar nada, o que coloco aqui?

Você pode informar o hotel que pretende ficar. Se desejar mudar depois, não há problemas.

13) O consulado fica com meu passaporte?

Se o seu visto for concedido, sim. O visto será colado em uma das folhas do seu passaporte. Por isso, não agende viagens que dependam do passaporte antes que ele retorne para suas mãos.

14) Preenchi o DS-160 e só depois me dei conta de que coloquei informação errada. Posso consertar?

Sim. Vá em https://ceac.state.gov/genniv/ e clique em “retrieve an application”. Você pode mudar informações no seu formulário em até 48 horas antes da sua entrevista. Após mudar o que deseja, imprima a confirmação e leve para a entrevista. Se você só percebeu o erro depois do prazo, entre em contato com o consulado.

15) Vi que é preciso pagar uma taxa chamada MRV, mas para receber o passaporte+visto em casa preciso pagar outra taxa?

Não. A taxa MRV é única. No processo anterior era necessário pagar separadamente pelo envio. Depois que o processo foi modificado, não é mais necessário pagar entrega.

16) Prefiro pegar pessoalmente meu passaporte+visto. É possível?

Sim. Você precisa indicar isso durante o processo. Quando for ao CASV, eles pedirão que confirme essa opção e o endereço para entrega.

17) Há diferenças nos formulários?

Sim. Formulários de homens e mulheres são diferentes. Leitores já reportaram que os formulários também mudam de acordo com a idade do solicitante.

18) Tenho que tirar o visto no estado/cidade onde eu moro, ou posso fazer em outro local?

Você pode fazer onde preferir. Mas lembre-se que se precisar fazer entrevista, deverá comparece ao CASV e ao Consulado em dias diferentes.

19) Posso marcar CASV e Consulado no mesmo dia?

Não. Você pode marcar em dias seguidos, mas não no mesmo dia.
Para facilitar, o CASV funciona de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e aos domingos das 13h às 18h.

20) Existe um intervalo máximo permitido entre a visita ao CASV e ao consulado?

Sim. Você precisa fazer a entrevista num prazo máximo de 8 dias a partir do dia que for ao CASV.

21) A taxa MRV tem prazo para ser usada? E o formulário DS-160?

Sim, a taxa deve ser usada no prazo de um ano e não é reembolsável. Passado 1 ano, você perde o valor pago.

O formulário DS-160 tem validade de 3 meses.

22) Quero tirar o visto com minha família, é possível marcar a entrevista de todos juntos?

Sim, mas cada pessoa precisa ter seu próprio DS-160. Você pode inserir pessoas da família no final do formulário. Na hora de marcar a entrevista, entre com seus dados e insira as outras pessoas também.

23) Quais perguntas o agente consular faz na hora da entrevista?

Não há uma receita de bolo. Para cada caso, perguntas diferentes. Mas entre as principais: o motivo da sua viagem, se tem algum parente nos EUA, com quem você vai viajar, quanto tempo pretende ficar, se já viajou para os EUA antes (quando e onde), com quem você mora, etc. Caso o agente tenha dúvidas sobre o que você declarou no seu DS-160, vai perguntar mais coisas.

24) É verdade que não é permitido entrar no CASV e no consulado com bolsa e celular?

No CASV você pode entrar com bolsa e também com celular, desde que ele esteja desligado.
No consulado não permitem celular nem desligado, desmontado, desencarnado ou desabilitado. Não adianta, não entra. Do lado de fora dos consulados há locais onde você pode deixar seu celular guardado. Também não permitem aparelhos eletrônicos como ipods e afins. Você pode entrar com bolsa, mas vai passar por uma revista. Passa também por um detector de metais, então nao adianta esconder celular e ipod, eles encontram.

25) Tenho muitas outras dúvidas, posso falar com o consulado?

Sim. Eles mantém uma página com perguntas e resposta sobre o processo do visto americano.

Para falar com o consulado, tente a página de contato deles.

26) Conselhos finais:

– Não minta! Declare no DS-160 sua vida como ela é. Se o agente consular desconfiar que você mentiu, seu visto será negado.

– Não exagere na roupa nem para mais e nem para menos. Vá vestido normalmente e seja você mesmo o tempo todo.

– Não faça piadas, brincadeiras bobas e nem puxe conversa com o agente. Limite-se a responder somente o que o agente perguntar. Não conte casos, não dê desculpas, não chore mágoas e não tente aparecer fingindo ser mais do que você é.

– Se você é do tipo que fica nervoso em esperar, leve uma revista ou um livro para passar o tempo. É importante que você faça a entrevista tranquilo, confiante e positivo.

Boa sorte!

Dúvidas sobre o visto? Nos comentários abaixo você encontra várias dúvidas já respondidas. Ajude a blogueira aqui e antes de postar a sua dúvida, veja abaixo se ela já foi respondida. Os comentários trazem também informações importantes e dicas relevantes sobre o processo e tudo o que envolve o visto americano. E leia também nosso artigo “Passo a passo para tirar visto americano” e “Treze dicas para fazer uma boa entrevista para o visto americano” Não deixe de ler, ambos têm muitas perguntas e respostas. ;)

Outra fonte de informações é o próprio site para marcação das entrevistas. Veja a FAQ deles.

Quem não quiser passar pelo processo do visto americano, uma alternativa é a dupla cidadania européia. Com ela, você só precisará emitir o ESTA para viajar, que é muito mais barato e rápido. Para quem tem antepassados portugueses, recomendamos a leitura desse livrinho com o relato do autor sobre o processo de obtenção da cidadania portuguesa: “Como consegui minha nacionalidade portuguesa por atribuição“.

Gostaria de deixar claro que as respostas são minha opinião pessoal baseada em minha própria experiência. Minhas respostas não podem ser consideradas verdades absolutas. Pesquise mais, leia outras experiências e tire suas próprias conclusões. Nem eu e nem este blog temos qualquer ligação ou contato com a embaixada ou com qualquer consulado americano. Tempouco trabalhamos com vistos.

DEVIDO A QUANTIDADE ENORME DE PERGUNTAS REPETIDAS E A MINHA FALTA DE TEMPO, NÃO ESTOU MAIS RESPONDENDO AOS COMENTÁRIOS NOS POSTS RELACIONADOS AO VISTO AMERICANO.

Precisa de hotel nos Estados Unidos? Reserve online pelo Booking:

Gostou do artigo? Dê um “curtir” e compartilhe com seus amigos!


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

    Receba nossas atualizações por e-mail:



1.038 Responses to Visto americano – perguntas e respostas

  1. giovanna disse:

    olá, bom dia. Uma dúvida, por favor: se eu tinha um visto antigo e não tenho mais o número dele como faço pra informar isso quando do preenchimento do formulario, para obtenção de novo visto.?

  2. Marcella disse:

    Olá Camila,

    tenho uma dúvida, vou tirar o meu primeiro visto para os Estados Unidos, preenchi o formulário, fiz o pagamento e já agendei as entrevistas, porém só depois o meu esposo se atentou que o meu passaporte tem que ter validade de no minimo 06 meses após a data de retorno da viagem. Viajo em abril e meu passaporte vence em agosto, será que tem algum problema? não sei se tiro outro passaporte.

  3. Peterson disse:

    Boa noite, gostaria de tirar uma duvida. Já fiz a solicitação preenchendo o formulario DS160 e escolhi o consulado do Rio, fiz o cadastro no site CSC e paguei a taxa. Mas quero mudar o local da entrevista e quero ir para o consulado de São Paulo. Consigo fazer essa mudança ? Como fazer ? Aguardo seu retorno

  4. MARIANNE disse:

    Oi Camila, parabéns pela iniciativa!!!
    Estou preenchendo o formulário e fiquei na dúvida pois meu marido trabalha na Universidade de São Paulo e eu no tribunal de justiça, eu devo colocar em ingles ou em portugues? Desde já agradeço a atenção, bjs!!1

  5. Amanda Felix disse:

    Estou extremamente preocupada em tirar meu visto. Estou planejando uma viajem à Disney com minha irmã e alguns amigos, porém tenho 28 anos, sou solteira, trabalho, mas não tenho registro em carteira, pago minha previdência como auntônoma. Será que minhas chances são muito remotas?

    • Camila Guerra disse:

      Amanda, o fato de não ter comprovação de renda pode atrapalhar sim, mas só se o agente pedir documentos que comprovem o seu vínculo empregatício. Vai ter que jogar com a sorte e tentar comprovar o vínculo, caso seja necessário, por meio de depósitos bancários regulares e outros documentos da empresa onde conste seu nome.
      []’s

  6. andreia disse:

    camila, boa noite! fui renovar meu visto que é B2, porem quando fui pagar a taxa no dia seguinte, vi que marquei a opçao B1/B2 inves de só B1 no formulário DS-160… O que eu faço? Devo preencher outro formulario? tem como cancelar o que submeti?

  7. Ana disse:

    Boa noite,
    Me enquadro nos requisitos para renovar o visto diretamente no CASV, porém o sistema de agendamento está me mandado para a entrevista consular primeiramente. O que devo fazer? Já até efetuei o pagamento.

    Obrigada.

  8. Deisi disse:

    Preenchi o meu formulário e o de meu namorado.
    No meu formulário não foi pedido nada a respeito de outros empregos e de cursos de ensino médio ou superior. Já Por que será que no meu nada disso foi questionado. Será que tem algum “problema”?

  9. Eduardo disse:

    Bom dia,
    gostaria de saber sua opinião, sinceramente, sobre quais as minhas chances de conseguir o visto americano:
    Tenho 26 anos, formado em direito, possuo OAB, mas atualmente somente estudo para concursos na carreira juridica, não trabalho.
    Irei viajar com meus pais, faremos entrevista juntos. (eles irao custear)
    Nunca declarei renda, possuo um carro em meu nome. Devo desistir de ir a outro estado conseguir o visto?
    Obrigado.

    • Camila Guerra disse:

      Eduardo,
      Acho que vai depender da situação dos seus pais e do julgamento do agente que atender vocês na hora da entrevista.
      O fato de não ter renda/vínculo empregatício com o Brasil, pode atrapalhar.
      []’s

  10. Larissa disse:

    Camila, boa tarde!

    Pretendo viajar com meu noivo, coloquei no formulário que irei com ele e na opção de parentesco coloquei “outros”.. Estamos juntos ha 06 anos e toda minha movimentação bancaria faço através da conta dele, mesmo sem ser conjunta, inclusive o dinheiro que temos guardado para viagem esta na conta dele. Declarei que eu vou custear a minha viagem e ele a dele, ganho em torno de R$1900,00 por mes e ele R$5000,00… Agendei nossa entrevista para mesma data e horario, com a esperança que nos chamem juntos.. A minha dúvida é, não declaro imposto de renda e não tenho movimentação bancaria já que faço tudo pela conta dele…oq devo fazer? levar extratos dele? (holerite eu tenho e trabalho na mesma empresa ha 06 anos)

  11. Rafaela disse:

    Olá irei fazer a entrevista com minha familia e meu namorado em dezembro. Estou com uma dúvida sobre comprovação de vinculos empregaticios do meu namorado. Ele é dentista, pós-graduado, possui alguns bens em seu nome, tem renda alta e declara IR. Trabalha em uma clínica onde possui um consultório proprio porém nao possui renda fixa (recebe de acordo com os pagamentos dos pacientes). Nao tem carteira assinada, nem pró-labore, nem alvará, somente os recibos de pagamentos dos pacientes. Gostaria de daber saber se existe algum documento que posso comprovar que ele tem trabalho fixo?
    Att.

  12. Hugo Maciel disse:

    Ola Camila, tudo bem?

    Passei por aqui um tempo atrás explicando minha experiência no consulado para você e para os leitores do seu site afim de ajudar quem estava precisando. Graças a Deus deu tudo certo. Gostaria de fazer uma pergunta um pouco fora do tema …. minha viagem em Janeiro esta com parada e saída de Miami. Mas como quis aproveitar bastante a viagem, comprei uma passagem para NY e ficarei 6 dias para conhecer a cidade….nem me dei conta se há algum problema nisso, tem? pegarei o avião em Miami mesmo, descerei em NY e depois na volta descerei em Orlando para aproveitar os parques…… tenho que tomar cuidado com alguma coisa que não sei?? e outra…. o passaporte eu tenho que levar em todos os lugares que eu for? se eu for nadar nas praias de Miami (não vejo a hora kkkkk), preciso carrega-los? li sobre as ondas de assaltos a brasileiros la fora que esta me preocupando….. sera que os cofres dos hotéis são reamente seguros? Desculpe por tantas perguntas….. nosso sonho esta se realizando e a ansiedade é muita…..rsrsrs…abraços e parabéns novamente pelo site…. Abraços…hugo

    • Camila Guerra disse:

      Oi, Hugo!
      Pode ir a NY sim, não há problemas. Não se esqueça que na hora de fazer a imigração, na entrada nos EUA, é possível que o fiscal te pergunte para onde você vai. Cuidado para não se enrolar, ok?
      Quanto ao passaporte, muita gente leva uma cópia e deixa o original no cofre do hotel. Eu não gosto de sair sem documento original e, por isso, sempre que viajo para fora do Brasil, levo comigo meu passaporte pra todo o canto. Mas deixo sempre uma cópia dele online, seja no e-mail ou em um servidor na nuvem, para o caso de perdê-lo ou ser roubada. Muita gente sai com o original e deixa uma cópia do passaporte no cofre do hotel. Essa precaução facilita a vida da gente no caso de roubo/perda do original. É MUITO importante ter cópia dos documentos nesse caso. Deixo um artigo de dois colegas blogueiros onde eles falam exatamente sobre isso: http://www.viagemadois.com/2014/08/passaporte-no-bolso-ou-no-cofre.html
      []’s

  13. Carla Souza disse:

    Olá Aline , por favor onde posso encontrar um modelo da declaração de renda para autonomos, dizendo que a pessoa é prestadora de serviços para tal empresa.
    Obrigada,

    Carla

  14. Jéssica disse:

    Olá. Gostaria de saber se tem visto pra esposa de brasileiro tralhando nos EUA(no momento ele ainda tem o visto de trabalho temporário, mas vão contratar ele), e se esse visto permite a esposa trabalhar/estudar? É muito difícil e demorado de conseguir? Obrigada.

  15. Dalia disse:

    Olá Camila, boa tarde!

    No início de outubro preenchi o formulário DS 160 e fiz o procedimento para agendamento no CASV e Consulado. Irei ao CASV 28/11 e ao consultado 08.12. Como houve uma alteração na minha renda, resolvi fazer um novo formulário DS 160, eu o refiz hoje , mas percebi que no novo site do CASV não há a opção de alteração do número do formulário DS 160. A minha pergunta é a seguinte, levo impresso o formulário mais atualizado, ou posso deixar que considerem o formulário anterior mesmo?!

    Obrigada!

  16. Lorena disse:

    Camila Boa tarde!

    Estou me organizando para ir tentar o visto no fim do mês em Brasilia. Estou com medo. Irei tentar sozinha, tenho 28 anos e sou formada há um ano, trabalho em uma empresa ha um ano e 9 meses como auxiliar Administrativo, não tenho filhos e moro com meus pais. Tenho uma renda de R$ 1.600,00 e colocarei que meu pai irá me custear, a renda dele é cerca de R$ 5.000,00 e a casa onde moramos é nome de minha avó, também tem o carro e esta no nome dele (funcionário publico e vereador de uma cidadezinha do interior). A empresa onde trabalho também irá me dar uma declaração sobre o meu vinculo e que irei viajar nas minhas férias. Eu pretendo viajar em março, com minha tia, ela viajou varias para os EUA e renovou o visto mês passado, a filha dela tem o Green Card. Você acha que seria interessante colocar que viajo com ela ou que vou sozinha? ou apresentar uma carta convite? Quanto a documentação de posse de imóvel, preciso levar da casa onde moramos, apesar de não estar no nome dos meus pais? Grata.

  17. Fabiana disse:

    Olá, Camila

    Fui ao Consulado fazer a entrevista dia 23/10 e meu visto havia sido concedido. No entanto, ao checar a situação pela internet compreendi que ele se encontra em processo administrativo. O que ocorre, é que durante a entrevista eu estava com meu padrasto que se intitulou meu pai, visto que foi ele quem me criou, porém, no DS160 o nome do meu pai consta o de pai biológico. Assim, o consulado entrou em contato comigo por email pedindo o nome dos meus pais biológicos e eu os informei, mas até agora continuo em processo administrativo. A partir da sua experiência com essas situações, você acha que até o fim do ano meu visto poderá ser concedido? D: estou desesperada pois já tenho viagem marcada para dezembro.

    Obrigada pela atenção.

    • Camila Guerra disse:

      Fabiana, o processo administrativo costumava demorar pra caramba. Já vi gente esperando por 6 meses. Mas parece que algo mudou pois uma leitora aqui do blog relatou recentemente que a solicitação dela caiu em processo administrativo, mas foi liberada rapidamente. Então, não sei te dizer ao certo. Vamos torcer para que o seu processo seja liberado rápido também.
      Somente como observação pra quem está lendo, gostaria de chamar a atenção de que a sua história do pai/padrasto é um exemplo de informação conflitante que “embola o meio de campo”. Para o consulado, o mais importante e o que vale, é o que está registrado e comprovado. Seu padrasto devia ter se apresentado como tal, pois embora tenha criado você, não foi ele quem te deu a vida. Portanto, todo cuidado é pouco na hora de inserir as informações no formulário e, especialmente, na hora da entrevista, que serve, entre outras coisas, para o agente pegar informações conflitantes.
      []’s

    • Taísa Scarin Borges disse:

      Fabiana, estou na mesma situação que você e, estou desesperada, pois minha viagem está marcada e as passagens compradas para o dia 18 de dezembro, como na hora foi dito que o visto foi aprovado, comprei as passagens. Estou com medo… mudo algo pra você?

  18. NICKOLAS disse:

    Boa noite !
    Estou preocupado, poderia me ajudar, por favor !?
    Meu formulário DS-160 foi emitido em 26 de julho de 2014, agendei a entrevista para Quinta feira (06/11/2014), devo fazer um novo DS-160, ou posso recuperar os mesmos dados no link https://ceac.state.gov/GenNIV/Default.aspx, ou devo preencher tudo novamente começando do zero ?
    Obrigado!

    • Camila Guerra disse:

      Nickolas, seu formulário fez 3 meses então acho que deveria sim. Isso deve ser feito em até 48 horas antes da entrevista, mas tenta lá.
      []’s

      • nickolas disse:

        Acabei de fazer !!

        Mas na pressa acabei colocando o CEP errado da instituição de ensino onde estudo … =/. Será que tem algum problema somente essa informação incorreta (CEP), o endereço está certo, apenas o CEP acabou repetindo o CEP de onde trabalho (o preenchimento automático me confundiu).

  19. Samanta disse:

    Oi, Camila. Tudo Bem? parabéns pelo Blog. Preenchi Meu DS 160 essa semana. Sou Funcionária Pública Estadual e coloquei o meu local de trabalho em inglês mesmo (embora tenha visto muita gente dizer que pode ser em português). Tô preenchendo o do meu marido e já fiquei em dúvida se coloco em inglês ou português. O que acha?

  20. Felipe lima disse:

    Ok, Camila. Ja refiz o DS 160..por conta do novo passaporte. Como ja agendei a entrevista, vi um comentario de uma pessoa que posso comparecer, com a confirmação do novo DS 160, mas..levando a anterior. Procede??

    • Camila Guerra disse:

      Felipe, o sistema aceitou a troca do número do passaporte? Se sim, imprima a página de confirmação onde o DS-160 gera um novo número de solicitação e entregue ao agente consular junto com o passaporte.
      []’s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top