Pin It
Home » Dicas, Viagens fora do Brasil » Sessenta dicas rápidas sobre Bariloche e região


No dia 30/06/2013 comandamos novamente o #DomingaodeTwittadas, dessa vez sobre Bariloche, através do nosso perfil no Twitter @viagensandancas. O resultado do programa está no post do Domingão com os 194 links com muitas dicas, relatos, sites oficiais de Bariloche que compilamos para facilitar a vida de quem está perquisando sobre a região.

Durante o programa postamos também várias dicas soltas, sem links e elas não entram na página do programa. Por isso, resolvi colocá-las aqui. São percepções pessoais, curiosidades, experiências nossas e de amigos e pequenas observações que podem ajudar o viajante.

Nossas dicas estão abaixo e não pretendem esgotar o assunto. Se discorda de alguma ou tem dicas para acrescentar, deixe-as na caixa de comentários. Vamos nos ajudar. ;)

1- Bariloche é um destino super romântico e divertido para uma lua de mel, mesmo para os mochileiros

2- Se for esquiar pela primeira fez, leve uma pomada para dor muscular/pancadas e intercale os dias de esqui

Os tombos fazem parte do aprendizado...

Os tombos fazem parte do aprendizado…


3- Compre biscoitos no mercado para dar às gaivotas durante o passeio de barco. Vendem no barco, mas são bem mais caros

4- Na estrada por Rinconada há vários mirantes para observação de Condores, ave comum na região

5- Na conta do restaurante você verá uma cobrança chamada “cubiertos”. É como se fosse um aluguel dos talheres.

6- Na Argentina a gorjeta do garçon não vem incluída na conta. Você precisa informar se quer conceder ou não e quanto

7- A pesca esportiva é uma das atrações da região no verão

8- Para chegar no Bosque Tallado em El Bolsón, você caminha subindo o Cerro Piltriquitrón, a 1.400 mts

9- Em El Bolsón acontece a maior feira de artesanato da região as terças, quintas, sábados e domingos

10- É possível fazer o Circuito Chico de bike. O verão é a melhor época pra isso.

11- Puerto Pañuelo fica em frente ao hotel Llao Llao. Por ali passa o ônibus 20 da linha 3 de Mayo

12- Os ônibus em Bariloche não aceitam dinheiro. Você precisa antes comprar um cartão com carga e pode recarregá-lo depois sempre que quiser

13- Você pode sacar dinheiro em caixas automáticos por lá. Mas não se esqueça de habilitar seu cartão para saque no exterior

14- Existe telefonia Claro em Bariloche. Nós compramos um chip local da Movistar. Mas lá existe também os “locutórios”

15- Villa la Angostura é uma cidadezinha típica de montanha e é conhecida como “o jardim da Patagônia” devido à sua beleza

16- Se houver neve/gelo no pára-brisa do seu carro pela manhã, jogue água fria. Jamais água quente/morna!

17- Dica romântica: se for fazer a Rota dos 7 Lagos, faça um piquenique em um dos lindos lagos e relaxe com seu companheiro(a) curtindo o momento

Aproveite e tire um tempinho para namorar à beira de um dos lagos na Rota dos Sete Lagos

Aproveite e tire um tempinho para namorar à beira de um dos lagos na Rota dos Sete Lagos


18- Dizem que o Bosque de Arrayanes inspirou Walt Disney a criar a floresta de Bambi http://on.fb.me/18oNz70

19- O passeio ao Bosque de Arrayanes também pode ser feito a partir de Villa la Angostura

20- Na neve, óculos escuros bem fechados embaixo e com proteção UV são necessários para evitar que o reflexo do sol na neve prejudique seus olhos

21- Meias são parte importante da vestimenta de inverno. Saiba qual meia usar

22- Se você transpira muito, tenha sempre uma camisa extra para trocar depois de uma atividade física. Assim o suor não gela você

23- Para as crianças, que em geral são muito ativas, o ideal é alugar macacão para não ter risco de entrar neve entre a calça e o casaco

24- Para capturar o lindo reflexo dos lagos da região, o melhor horário é bem cedo, quando há menos vento e a água está mais tranquila pra refletir a paisagem

A água precisa estar bem calma para permitir o reflexo

A água precisa estar bem calma para permitir o reflexo


25- Unhas muito grandes atrapalham nas luvas e podem furá-las/descosturá-las. Evite.

26- Sente muito frio nos pés e mãos? Experimente os adesivos “warmers” http://bit.ly/1as2mOU

27- Bariloche é lugar para muitas fotos. Cuidado para não formatar o chip da câmera. Se acontecer, saiba o que fazer: http://bit.ly/chip-format

28- Dica de roupa para enfrentar o frio: os gorrinhos de fleece são muito quentinhos e bloqueiam bem o vento

29- Ventisquero Negro é uma geleira que desce da montanha pegando sedimentos e terra e, por isso, fica negra http://on.fb.me/13iJSO0

30- Se for fazer a Rota dos 7 Lagos ou passar por Rinconada, leve lanche e água pois não há muito comércio

31- Não deixe de assistir o pôr do sol ou a alvorada no Centro Cívico de Bariloche vale a pena: http://on.fb.me/12zxiDy

32- Aproveite a linda vista do lago Nahuel Huapi no Centro Cívico de Bariloche http://on.fb.me/1arY7Tx

33- No Centro Cívico está o centro de informações turísticas de Bariloche http://on.fb.me/19Mepnl

34- O Centro Cívico de Bariloche é charmoso e fotogênico. Lá você também pode tirar fotos com cachorros São Bernardo adultos e filhotes

35- Para não sair igual em todas as fotos, troque suas roupas na loja que alugou. Antes de alugar, pergunte.

36- Na hora de alugar roupas de neve, verifique se há furos ou rasgos. Não pode haver nenhum para a neve não passar

37- Na neve, sapatos e roupas impermeáveis são essenciais. Use sempre segunda pele e meias sem algodão!

38- Leve baterias reserva para seus eletrônicos pois em baixas temperaturas elas descarregam mais rápido

39- Mantenha baterias reserva aquecidas dentro de um bolso e bem próximas do seu corpo para que não descarreguem facilmente

40- Cuidado com a condensação nas câmeras fotográficas. Antes de voltar ao abrigo, coloque a câmera na mochila

41- Deixe a câmera na mochila ou enrolada em um casaco, para que a temperatura do equipamento vá subindo aos poucos

Sua câmera gelada não pode pegar o bafo quente do abrigo. Proteja-a

Sua câmera gelada não pode pegar o bafo quente do abrigo. Proteja-a


42- Se você vai com muita gente, talvez valha mais a pena alugar um apartamento em Bariloche em vez de ficar em hotel

43- Chá de rosa mosqueta tem muita vitamina C e por isso, é excelente para evitar/curar gripe

44- No inverno, não deixe o carro dormir com freio de mão puxado para não endurecer o cabo e ter problemas no dia seguinte

45- #dirigirnogelo: evite sombras na estrada onde pode haver finas capas de gelo que fazem o carro deslizar

46- Se estiver na estrada e começar a nevar, procure as ruas mais próximas a rios e lagos, onde geralmente neva menos

47- No inverno, antes de sair pela manhã, espere o sol sair para derreter o gelo da estrada

48- Para quando houver gelo na estrada, há um produto chamado Cadena Líquida para os pneus (só para gelo, não para neve)

49- Se for dirigir na neve, não se esqueça de colocar as cadenas (correntes para as rodas do carro)

50- No verão pode-se tomar banho e fazer mergulhos em alguns lagos de Bariloche. A temperatura da água é aprox 12-13ºC


51- Entre Bariloche e San Martín de los Andes há 3 lindas estradas: 7 Lagos, Paso Córdoba e a que passa por Rinconada

52- Rinconada é somente uma interseção que une a famosa Ruta Nacional 40 à Ruta Nacional 234, ambas argentinas

53- Passeio pouco comum, melhor na época do verão: Cavernas del Viejo Volcán http://cerroleones.com.ar/

54- De Buenos Aires a Bariloche são cerca de 22 horas de ônibus, aprox 1600 km

55- Algumas lojas e restaurantes de Bariloche aceitam R$. Pergunte a quanto fazem o câmbio, costuma compensar

56- Você pode alugar toda a roupa para neve, mas as luvas precisa comprar. Na Rua Mitre você acha muitas opções

57- O chocolate quente do Mamuschka em Bariloche é o melhor que já tomei na vida!

58- O ideal em Bariloche é alugar um carro para percorrer a região e ter mais liberdade de horários. Vale a pena!

59- Aproveite para patinar no gelo com as crianças em Bariloche e dar muitas risadas! :)

60- O Chile fica pertinho de Villa la Angostura. Aproveite e dê um pulinho lá. Mas veja antes a documentação.


O povo de Bariloche e arredores é simpático e solícito. Retribua com respeito e educação pela região que visita! ;)


Para ver mais fotos da região de Bariloche, visite nossa página no Facebook.


Gostou do artigo? Dê um “curtir” e compartilhe com seus amigos!


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

    Receba nossas atualizações por e-mail:



22 Responses to Sessenta dicas rápidas sobre Bariloche e região

  1. Silvia disse:

    Oi, obrigada por compartilhar sua experiência.
    O artigo menciona a condensação das máquinas fotográficas. Acontece o mesmo com os celulares? Meu marido tem uma máquina semiprofissional, mas eu gosto mesmo de apontar e clicar, e adoro a câmera do meu celular. Ele vai embaçar igual?
    Obrigada

    • Camila Guerra disse:

      Oi, Silvia!
      Nunca vi casos semelhantes com celulares, mas qualquer aparelho eletrônico pode sofrer condensação por causa da variação brusca de temperatura. Não é uma característica exclusiva das máquinas fotográficas. No entanto, acho mais difícil ocorrer com o celular.
      []’s

  2. Marcos Lopes disse:

    Oi Camila adorei as dicas!!

    Estou indo agora em janeiro com minha família, gostaria de saber se tem lugares para compras em Bariloche (adolescentes!!)

    abraços

    • Camila Guerra disse:

      Olá, Marcos!
      Depende do que você quer comprar. O comércio de Bariloche não é extenso pois a cidade é relativamente pequena, mas tem de tudo um pouco. Em especial você vai encontrar chocolates, roupas, sapatos e lembrancinhas. A maioria das lojas fica na Rua Mitre e suas transversais.
      []’s

  3. Amanda disse:

    Camila, estou indo agora em agosto e ainda tenho algumas dúvidas.
    Onde tem locais de patinação no gelo lá em Bariloche?
    Você foi ao museu do chocolate?
    E ao bar gelado?
    O que você considera imperdível na cidade?
    Obrigada!!

    • Camila Guerra disse:

      Oi, Amanda!
      No centro de Bariloche tem pista de patinação no gelo.
      Fui ao museu do Chocolate sim, mas era sábado e a fábrica estava fechada. Pudemos visitar somente a parte do museu. O legal é ir durante a semana para ver a confecção dos chocolates. Fica perto do centro, dá pra ir a pé, mas lá tem estacionamento.
      Quando fui o bar de gelo ainda não tinha sido inaugurado.
      O imperdível é muito relativo, depende do gosto de cada pessoa. Eu adorei o passeio ao Tronaro, a Rota dos 7 Lagos com retorno por Rinconada, o Catedral… O Cerro Catedral é muito bom para quem quer esquiar e a vista do Refúgio Lynch é linda demais. Também gostei muito do Cerro Otto, tem uma vista privilegiada, embora seja mais baixo. Também gostei bastante do lacustre Isla Victoria e Bosque de Arrayanes, embora tenha um passeio lacustre mais longo que esse. Muita gente gosta de ir a Piedras Brancas, lugar ideal para diversão e para crianças. Enfim, há muitas opções por lá.
      []’s

  4. monica disse:

    Camila, adorei o blog, parabens. Estou indo com marido e filhos fazer a rota dos 7 lagos agora em abril. Sairemos de Villa La Angostura em direção a San Martin. Sou louca por fotografia e quero fazer essa rota com calma. Vc aconselha pernoitar em algum lugar ja que estou indo com 2 crianças. (ambas acostumadas com estrada). Pensei em Vila Traful, mas não sei?

    Agradeço desde ja.

    • Camila Guerra disse:

      Oi, Mônica! Obrigada!
      Não estive em Vila Traful mas já vi fotos e me pareceu linda. Para chegar lá você precisa fazer um desvio na 7 Lagos. Os pessoal do Nerds Viajantes esteve lá, dá uma olhadinha no relato deles: http://www.nerdsviajantes.com/2012/07/20/villa-traful-um-desvio-prazeroso-na-rota-dos-sete-lagos
      Vila La Angostura e San Martín são maiores que Vila Traful, com mais movimento e mais opções. Eu pernoitei em San Martin e aconselho fortemente a fazer um pernoite sim. Caso contrário, vai ter que fazer o passeio na correria. É bom fazer a 7 Lagos com calma, podendo parar para observar/fotografar. Fui de olho na hora e mesmo assim cheguei a San Martín já quase anoitecendo.
      []’s

  5. deni disse:

    Talheres em espanhol se diz realmente cubiertos. Mas em um restaurantes qdo cobram o cubierto se refere ao nosso couvert. couvert em francês tb significa talher.

  6. Douglas Lacerda disse:

    Adorei as dicas, irei viajar no dia 18 de agosto e retorno no dia 24 de agosto, estava preocupado como aproveitar a viagem, mas com 60 dicas, fiquei tranquilo, quando retorno, compartilho com vocês.]
    abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top