Pin It
Home » Hotéis e Pousadas » Hotel: Conchita Flores B&B em Santiago, Chile


Em nossa viagem para o sul do Chile, ficamos duas noites na capital Santiago e uma das preocupações era encontrar um hotel simples, com preço acessível e em um local seguro.

Pesquisei várias opções em vários bairros e concluí que o melhor era mesmo o bairro da Providência.

O aeroporto de Santiago fica fora da cidade e, por isso, a maioria dos hotéis e os melhores bairros ficam fora de mão. Com o bairro da Providência, não é diferente.

Como sempre, pesquisei bastante em fórum, blogs e pelo Google Earth investiguei as regiões. Depois de decidir pela Providência, usei o recurso Street View para vasculhar a vizinhança em busca de hotéis compatíveis com o que eu estava buscando.

Usei também o mapa do Booking.com, que é muito útil para ter uma idéia da localização dos hotéis e seus preços.

A princípio eu tinha pensado em ficar no Ibis Providência, que foi recomendado por amigos. Mas o preço para as datas que eu queria, estavam um pouco além do que eu queria pagar.

Como o Ibis estava muito bem localizado, pertinho do metrô e de bons restaurantes, decidi que ficaríamos por ali. Pelo Booking achei então o Conchita Flores B&B, na Manuel Montt, uma grata surpresa.

A foto foi tirada à noite e tremeu, mas essa é a fachada do hotel Conchita Flores

A foto foi tirada à noite, depois de um vinho, e tremeu :) mas essa é a fachada do hotel Conchita Flores


Reservei o Conchita pelo Booking com base na localização e nas opiniões positivas de quem já havia se hospedado lá.

Como chegaríamos um pouco tarde, enviei antes um e-mail ao hotel informando nosso horário. Isso é importante pois como o hotel é pequeno, não tem recepção 24 horas. Mas quando chegamos, fomos recebidos pelo dono do hotel, o simpático Gerardo.

Ficamos no quarto 1, perto da portaria. Gerardo nos mostrou o quarto e explicou que deixou o aquecedor ambiente ligado, além do aquecedor da cama, pois nós brasileiros somos muito friorentos. :)

Achei o máximo esse “cuidado”. Fazia frio em Santiago em agosto e a cama estava quentinha, super aconchegante. O quarto que ficamos é pequeno, mas suficiente para nós. Tinha TV, um pequeno armário, um baú e uma mesinha e comportou bem nossas poucas coisas. O banheiro também é bem pequeno, mas também, suficiente. A única coisa ruim no banheiro desse quarto é que a área do chuveiro é bem apertada e o pessoal maiorznho vai sofrer pra tomar banho ali. Não visitamos os outros quartos e não sei dizer se há banheiros maiores.

Quarto 1. Pequeno mas suficiente, com boa cama e bom banho.

Quarto 1. Pequeno mas suficiente, com boa cama e bom banho.


Deixamos nossas coisas e fomos caminhando jantar ali pertinho do hotel, no ótimo restaurante peruano Barandiaran.
Chegamos de volta ao hotel, tomamos um banho muito bom e deitamos na cama aquecida. Que delícia! :)
Marcos ficou com calor, mas eu adorei o quentinho.


Cama boa, banho bom. No entanto, algumas observações para quem vai ficar no mesmo quarto que eu: por ser perto da portaria, o quarto 1 pode ser barulhento. O hotel funciona em uma casa antiga onde o piso faz algum barulho. Não me incomodou, mas eu normalmente durmo muito bem. Para os que têm sono leve, talvez esse não seja o melhor quarto, especialmente se o hotel estiver cheio.

A decoração do hotel é super bonitinha, com conchinhas e conchonas por todo lado.

Muitas conchinhas para todo lado compõem a decoração do hotel

Muitas conchinhas para todo lado compõem a decoração do hotel


O café da manhã é simples, mas muito bom: café, leite, suco, yogurte, frutas da estação, pão, manteiga e geléia.

Além disso, ali também funciona uma pequena lanchonete e café, onde você pode comer tortas e biscoitinhos deliciosos enquanto toma um café, um suco e bate um papo em uma das mesinhas do lado de fora ou de dentro do hotel.

No dia seguinte fomos conhecer o Valle Nevado as estações de La Parva, El Colorado e Farellones e quando retornamos, não resistimos a uma torta de cenoura com nozes. Estava divina! O preço não é dos mais baratinhos, mas compensa.

Nossa torta de cenoura, nozes e doce de leite, no bar do Conchita Flores B&B

Nossa torta de cenoura, nozes e doce de leite, no bar do Conchita Flores B&B


Naquele mesmo dia, fizemos o check-out com o Christian, que aceitou parte do pagamento em dólar e parte em peso chileno para facilitar a nossa vida. Super flexível e simpático. Batemos um papo sobre o que tínhamos feito em Santiago, ele quis saber o que achamos do hotel e da cidade e prometeu-nos deixar um café da manhã “frio” preparado para o dia seguinte, pois sairíamos bem cedo para pegar o vôo para Temuco. Frio pois não teria como servir café e leite quentes, já que o pessoal da cozinha ainda não teria chegado para trabalhar. Mas deixou-nos suco, yogurte, frutas e um sanduba de queijo.

Nossa estadia no Chonchita Flores foi muito boa. No entanto, não somos pessoas exigentes com hotel. Para nós, hotel precisa ser limpo, oferecer bom banho e boa cama por um preço justo. E foi isso que encontramos no Conchita.

O hotel é muito bem localizado, perto do metrô, pertinho de farmácias, mercadinhos, comércio em geral e de vários bares e restaurantes

O Conchita Flores B&B foi uma grata surpresa e nós gostamos muito do local, mas não vá pensando que é um hotel de luxo, ok? Você não pode esperar de um Bed & Breakfast o que você tem em um hotel comum. Recomendo o Conchita para quem não se importa com simplicidade e vai passar pouco tempo dentro do hotel.

Para nós o Conchita ganharia mais um B e ficaria B&B&B (Bom, Bonito e Barato!). Recomendamos!

Gostou do artigo? Dê um curtir e compartilhe com seus amigos.


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

      Receba nossas atualizações por e-mail:

 

 

One Response to Hotel: Conchita Flores B&B em Santiago, Chile

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top