Pin It
Home » Dicas, Filmes de viagem, Viaje na Poltrona » Viajando nos vinhos: livros, filmes e clubes de vinhos


*Esse artigo NÃO É patrocinado

Como nem sempre é possível viajar, principalmente agora nesses tempos de crise brasileira, resta-nos saciar a vontade de experimentar ideias e sabores por meio de filmes, livros e vinhos e tudo misturado. Neste artigo apresento duas sugestões de livros sobre vinhos, um em português e outro em inglês, sendo ambos publicados somente no formato de ebook para Kindle (para saber mais sobre o Kindle clique aqui), além de alguns filmes sobre o mundo do vinho. Com esses dois livrinhos e os filmes, além de você aprender um monte de coisas sobre o mundo dos vinhos, ainda pode direcionar melhor as compras dos seus próximos rótulos, de acordo com os tipos de pratos com que pretende harmonizá-los (aqui vai um post com dicas práticas sobre harmonização), e conforme a estação do ano ou a saúde da sua conta bancária.

uvas-vinhoA ótima notícia é que há vinhos de ótima qualidade por preços bastante acessíveis, mesmo com os recentes aumentos na tributação de bebidas alcoólicas, impostos pelo governo federal tupiniquim. A outra boa notícia é que nem é preciso sair da cadeira para comprar bons vinhos por preços acessíveis, como explico mais abaixo.

Ambos os livros foram escritos para o público leigo interessado em saber mais sobre vinhos. Então, se você já é bem informado sobre os tipos de uva, as regiões, os processos de fabricação, por que os vinhos do Porto são chamados de vinhos fortificados, as características das diversas uvas, e por aí vai, talvez não interessem tanto.

Quando resolvi procurar alguma leitura sobre o assunto já havia experimentado um pouco e lido outro tanto, especialmente em sites de clubes de vinho, sobre os quais também comento mais abaixo. Então procurei publicações que apresentassem desde o bê-a-bá até às informações mais específicas do mundo do vinho. Depois de alguma busca no site da Amazon, acabei optando por dois títulos disponíveis no Kindle Unlimited (sistema de biblioteca online da Amazon, no qual você baixa e lê os livros de graça, mediante uma pequena taxa mensal). Vamos aos livros.

LIVROS

livro-vinho-poucas-palavrasO primeiro livro que li foi “Vinho em poucas palavras: para quem quer saber apenas o que interessa”, de Hans Georg Winter. Embora o nome do autor não seja brasileiro (um pseudônimo, talvez?), não se trata de uma tradução. O texto foi escrito em português, em linguagem informal e bastante leve e agradável, tendo como vantagem o ponto de vista de quem está no Brasil. O autor cumpre o que promete e apresenta informações atualizadas (2015) sobre o mercado de vinhos, inclusive as particularidades dos países da América do Sul, incluindo aí o Brasil. Fica mais fácil entender por que nossos vinhos são mais caros, por exemplo, e por que há tanta dificuldade em manter um nível adequado entre as safras para chamar a atenção do mercado externo. Mesmo assim, ainda conseguimos prêmios no exterior com alguns de nossos espumantes brancos.

O autor apresenta tabelas comparativas de vinhos de diversos países, como conhecer um vinho pelo rótulo na hora de comprar, harmonização (o casamento de comida e vinho, usando as palavras do autor) e mais uma boa quantidade de informações de qualidade, que servem muito bem como uma introdução ao tema e além.

Outra fonte de informações muito útil é o glossário de termos que aparecem nos rótulos dos vinhos estrangeiros e seus significados. Após a leitura do livro, esse glossário passa a ser utilíssimo na hora de escolher um vinho.
Gostei tanto desse livro que vou demorar um pouco para “devolvê-lo” à Amazon. Vai morar por um bom tempo no meu leitor de ebooks.

livro-wineO segundo livro que escolhi foi “Wine – Everything you need to know about wine from beginner to expert”, de James Waldorf. Partindo da mesma ideia do primeiro livro, esse título vai um pouco mais longe e apresenta outros tipos de informações, indo mais fundo em algumas questões e não tocando em pontos abordados pelo primeiro. Esse livro é um excelente complemento para a leitura do primeiro e esmiúça os detalhes de harmonização, as variedades de uvas, vinhos espumantes e fortificados, temperaturas de serviço e até mesmo os benefícios e possíveis malefícios do consumo de vinho (nada é perfeito). Com a leitura desses dois livros, dei-me por satisfeito por ora, sabendo que vou precisar reler algumas partes de ambos e mantê-los também como fontes de referência para alguns detalhes de harmonização e outros.

Toda essa conversa sobre vinhos e países dá uma vontade enorme de viajar e visitar os países onde se encontram essas vinícolas. Isso está em nossos planos, incluindo Brasil e a região de Mendoza, na Argentina, entre outras. Entretanto, não fazemos a menor ideia de quando poderemos viajar a esses locais, mesmo no Brasil onde, incrivelmente, costuma ser bem mais caro viajar do que no exterior.

CLUBES DE VINHOS

Enquanto a viagem de fato não é possível, vamos estendendo nossa viagem na poltrona às viagens nos filmes e nas taças, procurando provar variados tipos e combinações de uvas e, claro, de pratos para harmonizar com a bebida. E aí vem a minha terceira dica: os clubes de vinho, importadoras especializadas em vinhos, que oferecem online a oportunidade de conhecer vinhos de todo o mundo, por preços bastante acessíveis.

Vinhos de várias regiões, do mundo todo.

Vinhos de várias regiões, de todo o mundo.




Agora, aqui cabe um aviso importante: embora possa parecer o contrário, a indicação que darei abaixo é absolutamente espontânea, não sendo este artigo o resultado de algum contato comercial ou “publieditorial”. Como nosso blog não dá dinheiro e fazemos porque gostamos, esse é nosso compromisso com o leitor: se gostamos de algo, elogiamos, como clientes satisfeitos. Se não gostamos, omitimos ou contamos o mal feito. Então, minha indicação reflete somente a minha total satisfação com dois dos muitos clubes de vinho que vêm surgindo no país e que, fazendo o negócio deles, que é ganhar dinheiro importando vinhos, atendem em cheio aos anseios de centenas de milhares de pessoas que, como eu, desejam conhecer bons vinhos sem comprometer o orçamento. Se alguém vier a lucrar com isso será você, eu e o referido clube, como você verá mais à frente.


Os clubes de vinhos são lojas online que oferecem vinhos de todo o mundo, normalmente por valores abaixo dos encontrados nos mercados. Além das vendas normais e avulsas, oferecem também associações com níveis e valores diversos, que consistem no pagamento de um valor mensal referente a duas ou mais garrafas de vinho, dependendo do valor optado pelo cliente. Os níveis mais caros envolvem rótulos mais caros, obviamente.

Todos os meses eles escolhem uma vinícola como fornecedora do vinho do mês que enviam aos associados. Geralmente esses vinhos não se encontram à venda no mercado nacional e são exclusivos da empresa. Como contam com centenas de milhares de associados, provavelmente têm poder de barganha. Um desses clubes, a Wine, conseguiu que uma vinícola da África do Sul produzisse, pela primeira vez, um rosé Merlot especialmente para eles, para o clube de vinhos brancos e rosés. A vinícola acabou incluindo o novo vinho em sua produção normal.

Em meados do ano de 2015 associei-me a dois desses clubes. Gosto de ambos, mas acabei cancelando um deles e ficando somente com o outro. Nessa brincadeira, já recebi vinhos dos seguintes países, até agora, pelo clube: Argentina, Uruguai, Chile, Espanha, Portugal, Austrália e África do Sul. Fora os outros que acabei comprando nas inúmeras e frequentes ofertas de ótimos vinhos por preços inacreditáveis, que ficam ainda mais baixos para os sócios e, ainda por cima, com frete grátis.

vinho-tintoAmbos os clubes que experimentei contam com sistemas próprios de entrega, terceirizados em alguns locais, como é o caso da minha cidade. As garrafas vêm muito bem embaladas e protegidas e nunca tive qualquer problema de quebra. Em dezesseis meses de relacionamento com a empresa, minha satisfação é total.

Ambos os clubes enviam também, junto com a entrega dos vinhos do clube, uma revista de excelente qualidade, com matérias diversas, com culinária, entrevistas com celebridades, roteiros de viagem (que nos deixam com muita vontade de arrumar as malas e partir pra lá) e matérias centradas nos vinhos e na vinícola do mês.

Minha opção por um dos clubes em detrimento do outro foi o frete gratuito e, acho, uma maior empatia com a empresa (infelizmente já avisaram que, em função do aumento nos tributos serão obrigados a cobrar, a partir de maio de 2016, uma taxa única de R$ 5,00 por envio. Avisaram há uns dois meses). Eles têm um marketing fabuloso (e olha eu aqui fazendo marketing de graça) e uma equipe de atendimento muito bacana. Tanto que conseguem fazer com que seus clientes, que pagam pelos serviços, é bom lembrar, façam propaganda espontânea. Basta uma olhadela na página deles no Facebook para ver como interagem o tempo todo com seus clientes.

Então, quando alguém me pede uma indicação de loja de vinhos, indico a Wine.com.br e a Evino.com.br. Permaneço como associado da Wine.com pelos motivos já citados e compro esporadicamente da Evino, quando surge algum vinho que me interessa por um precinho irresistível (ainda que com frete meio salgado).

Caso você se interesse em experimentar ser cliente de um dos clubes da Wine, pode usar um código de desconto que, se quiser, pode ser o meu ou de alguém que você conheça. Esse código funciona da seguinte maneira: ao inscrever-se no site, basta indicar meu código, ou usar meu link direto para chegar até lá. Você ganha um desconto bastante bom na primeira compra (atualmente é de R$ 50,00 para o clube mais barato. O desconto aumenta nos clubes mais caros) e eu também ganho o mesmo valor de desconto. Você ganha, eu ganho e a Wine ganha também. ;-)

Use o nosso link de desconto clicando aqui, ou na imagem abaixo. O código do nosso cupom de desconto é CS333432!
cupom de desconto para vinhos

Experimente, se quiser, e depois me conte como foi.

FILMES

Vou citar três pois fizemos um post específico sobre filmes relacionados a vinhos, onde colocamos outras opções interessantes também. A propósito, os três filmes citados abaixo estão disponíveis na Netflix.

Somm (2012)
Somm-pqNeste misto de documentário e reality show você acompanha o esforço de alguns candidatos ao título máximo na área, o Master Sommelier. É impressionante a quantidade de informações e o nível de exigências para ser aprovado em tal exame. Convém comentar que alguns críticos apontaram erros nas explicações referentes ao mundo dos vinhos e, como é comum, o cinema costuma trocar alhos por bugalhos. Então, assista com moderação. De um jeito ou de outro, é uma boa diversão e uma introdução ao mundo dos sommeliers.

Bottle Shock (O Julgamento de Paris, 2008)
o-julgamento-de-paris-pqBaseado em fatos reais, conta como os Estados Unidos entraram no cenário mundial de vinhos, após uma prova às cegas realizada na França, em que os vinhos vencedores foram da região de Napa Valley, na Califórnia. Destacando a presença de Bill Pulmann (o presidente em Independence Day) e Chris Pine (o capitão Kirk da nova franquia de StarTrek), o filme conta a história real de como vinhos americanos desbancaram vinhos franceses, em solo francês, numa premiação de vinhos composta por especialistas franceses.

A Year in Burgundy (2013)
a-year-in-burgundy-pqNeste documentário você acompanha os processos produtivos dos vinhos da região da Borgonha, na França, abrangendo todo um ano, acompanhando algumas famílias de produtores e mergulhando nos processos culturais e criativos que envolvem o setor dos vinhos. Após assistir a esse documentário, sua visão de uma garrafa de vinho nunca mais será a mesma. Cada safra é uma experiência diferente e o resultado das lutas contra diversos tipos de dificuldades, especialmente climáticas.

Divirta-se e saúde!

*Esse artigo NÃO É patrocinado

Gostou do artigo? Dê um curtir e compartilhe com seus amigos.


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

      Receba nossas atualizações por e-mail:

 

 

2 Responses to Viajando nos vinhos: livros, filmes e clubes de vinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top