Pin It
Home » Viagens no Brasil » Fernando de Noronha e um pouquinho de Natal


Data da viagem: Final de agosto de 2009

Dois Irmãos

Dois Irmãos

Se você nunca foi à ilha de Fernando de Noronha, comece agora a juntar uma grana e se dê esse presente.

Vou passar aqui um pouquinho das minhas impressões sobre a ilha pra você que pretende ou sonha visitar um dos lugares mais lindos que eu já conheci.

Bem, chegamos numa segunda feira à tarde e fomos recebidos por um guia da Atalaia, que nos levou para a sede da Águas Claras, onde contratamos os passeios para os dias que ficaríamos lá. Após uma breve palestra com uma geral sobre como tudo funciona na ilha, já saimos com a programação feita e com snorkel alugado (R$ 15,00 por dia por pessoa).

Foto tirada na chegada à Fernando de Noronha

Foto tirada na chegada à Fernando de Noronha

Muitas pessoas preferem alugar um buggy e sair por Noronha explorando os locais. Para quem vai com mais tempo, acho uma boa fazer o ilhatour no primeiro dia e depois alugar o buggy.

Como eu já tinha pesquisado um pouco antes, e tínhamos pouco tempo, já fomos com um roteiro mais ou menos definido na cabeça. Chegando lá, já sabíamos o que queríamos para preencher quase todo o tempo que passamos lá.

Segunda à tardinha, Marina By Night.

Morro do Pico visto do Porto

Morro do Pico visto do Porto

Pôr do sol visto do barco em Fernando de Noronha

Pôr do sol visto do barco

É um passeio de barco muito legal, mas de todos os passeios que fizemos, eu diria que esse foi o mais dispensável deles.

Chegando na praia limpíssima do porto, vi o primeiro dos animais aquáticos anunciados, uma arraia muito cuca fresca que passeava por lá sem se preocupar com as pessoas que insistiam em observá-la. Durante o passeio paramos para o mergulho de apinéia (com snorkel), muito comum nos passeios de barco. Ali avistei os primeiros peixinhos, lindos e outra arraia. Água cristalina, pessoal super simpático, início perfeito! Jantamos no barco (a comida não era essas coisas, mas deu bem) e vimos o pôr do sol, que coisa linda!

À noite fomos assistir a palestra do Ibama. O tema era “Golfinhos”. Uma bióloga da ilha nos contou o resultado dos estudos feitos em Noronha e lá soubemos que os golfinhos acompanham as embarcações única e exclusivamente para escoltá-las para fora da Baía e proteger as fêmeas a os filhotes. Assim como fazem também com as baleias.

No mesmo local é a sede do Projeto Tamar, com lojinha e o museu da Tartaruga. Tem palestra todos os dias com temas diferentes. Vale a visita.

Terça foi dia do IlhaTour.
Aconselho fazer. É um passeio de dia inteiro, mas que nos dá uma boa visão sobre a ilha. Um passeio que mistura praias, história e muita vegetação bonita. Logo pela manhã visitamos um dos lugares mais bonitos que já vi, a baía do Sancho.

Parei e, na ponta daquele paredão de 50 m de altura, fiquei sem palavras. Assim como não tenho palavras para descrever o visual e a energia que senti quando vi pela primeira vez aquela praia “deserta”, de águas cristalinas e de cor esmeralda. A típica Natureza de Noronha nos saudava alegre e feliz. Acordamos do sonho pra tirar muitas fotos, filmar e continuar a caminhada.

Dali avistamos a baía dos porcos, de onde se vê os “Dois Irmãos”, famosas formações rochosas que lembram seios femininos, carinhosamente apelidados pelos nativos de Fafá de Belém.

Baía dos Porcos, Morro Dois Irmãos

Baía dos Porcos, Dois Irmãos

Descemos o paredão por uma escada na imensa rachadura dele.

Paramos na praia do Sancho pra banho e um mergulho de apinéia. As águas tranquilas e cristalinas proporcionam excelente oportunidade pra mergulho e observação de um pouquinho da vida marinha local.

Peixe clicado durante um mergulho com snorkel na pria do Sancho

Peixe clicado durante um mergulho com snorkel na pria do Sancho

Durante o IlhaTour, após nadar um pouquinho conseguimos ver as tartarugas na Baía do Sueste. Exige um pouco mais, mas se vai de bóia e com o guia no nosso encalço. Infelizmente a água estava turva naquele dia e minhas fotos não ficaram legais. Vi algumas tartarugas e fiquei feliz. Ali também tem o único mangue em ilha oceânica.

Praia do Sueste, onde se mergulha para ver tartarugas

Praia do Sueste, onde se mergulha para ver tartarugas

Mapa dos Pontos de Visitação de Fernando de Noronha, PE, Brasil

Mapa dos Pontos de Visitação de Fernando de Noronha, PE, Brasil. Clique para aumentar

Depois de passar por vários locais maravilhosos, paramos pra almoçar no “Bar do Biu”… R$ 22,00 por pessoa e você come à vontade. Comida simples e sem muitas opções, mas dá pra levar bem.

“Comida no papinho, pé no caminho”… de lá seguimos para o Museu dos Tubarões e Alagados da Raquel, parte do mar de fora, que é muito mais revolto e perigoso. Não dá pra banho e nem pra navegação.

Fotógrafo clicando no Mirante da Raquel de onde se avista o mar de fora

Fotógrafo clicando no Mirante da Raquel de onde se avista o mar de fora

Ali conseguimos ver a casa que o nosso ex presidente Sr. Lula da Silva passou o Reveillon 2008 com Dona Marisa. Não satisfeita com a beleza das praias de Noronha, mandou construir na casa uma linda piscina para que seu Reveillon ficasse perfeito.

Passamos pelo mirante do Boldró, Praia da Cacimba do Padre e paramos na Baía dos Porcos onde fizemos outro mergulho de apinéia para observação dos peixinhos que ficam incrivelmente perto da praia. Alguns caranguejos e cardumes de peixes depois, fomos embora. A maré já estava subindo e a água começava a bater.

Praia da Cacimba do Padre com os Dois Irmãos bem de perto

Praia da Cacimba do Padre com os Dois Irmãos bem de perto

Paramos para observar o pôr do sol e tomar uma cerveja (R$ 4,50) e comer um queijinho na chapa (R$ 14,00 duas tirinhas!!). Mas que pôr do sol!! Acabou o dia e chegou a hora de voltar pro hotel.

Pôr do sol sem igual no Boldró

Pôr do sol sem igual no Boldró

Pra você que não conhece, não deixe de fazer o IlhaTour. É um passeio importante pra se ter uma idéia da ilha. Depois é só escolher as praias e locais que você gostou mais e passar novamente por lá.

Pôr do sol no mirante do Boldró

Pôr do sol no mirante do Boldró

Quarta, passeio de barco pela manhã com direito a golfinhos e mais apinéia.
O passeio começa bem normal com um guia indicando as praias e contando um pouco da história da ilha. Contou que o Morro do Pico ficava aberto para visitação, tinha uma escada que dava acesso ao farol. Mas, o pessoal da bagunça gostava de pixar seus nomes e as datas de suas visitas nas pedras do pico, o que já aborrecia as autoridades da ilha. Certa feita, o farol que fica lá no topo parou de funcionar. Chegando lá constataram que um vândalo havia pintado a lente do farol de preto!!! Pasme, é isso mesmo!! Daí em diante o Morro do Pico ficou fechado para visitação.


Mas, continuando… o guia anunciou que entrávamos na Baía dos Golfinhos. Local onde eles acasalam e onde ficam para descansar. Costumam entrar na Baía Por volta das 06:00 da manhã e sair às 11:00. Olhei pra baixo e vi que havia um acompanhando o barco. Em seguida apareceram outros vários e tivemos a felicidade de ver inúmeros golfinhos que nos acompanharam em 3 pontos desse passeio.

Golfinhos avistados na Baía dos Golfinhos durante um passeio de barco

Golfinhos avistados na Baía dos Golfinhos durante um passeio de barco

Paramos pra banho e mergulho com snorkel na Baía do Sancho.

Praia do Sancho, Fernando de Noronha

Praia do Sancho, Fernando de Noronha

Hora do almoço. Fomos no restaurante que fica no Bosque dos Flamboyants (não me recordo o nome). Ele não fica dentro da praça, mas ao lado. Muito mais barato, e bem servido.

À tarde foi hora do mergulho de batismo (R$ 250,00). Antigo sonho, realizei em grande estilo.

Muitos peixinhos durante o mergulho de batismo

Muitos peixinhos durante o mergulho de batismo

A respiração limitada, pra quem vai a primeira vez, incomoda um pouco no início, mas depois, mediante tanta beleza que encontramos no fundo do mar, equecemos as limitações! Preste bastante atenção nas instruções que são dadas no barco pois sua vida vai depender delas quando estiver a 10-12 metros abaixo.

Tartaruga no mergulho de batismo

Tartaruga no mergulho de batismo

Passou rápido, muito rápido, mas registrei tudo o que pude com a câmera digital com caixa estanque que aluguei por lá R$ 50,00.

Peixes e mais peixes no mergulho de batismo

Peixes e mais peixes no mergulho de batismo

Quinta feira, último dia.
Pois é, que pena!!! Não tínhamos muito tempo nesse dia, então resolvemos visitar a praia da Conceição. Sábia decisão. Chegamos cedo, a praia estava quase deserta.

Finzinho da Praia da Conceição

Finzinho da Praia da Conceição

Um visual maravilhoso! Ficamos lá um tempo tirando fotos, namorando o mar.

Praia da Conceição numa manhã tranquila

Praia da Conceição numa manhã tranquila

No Bar do Duda Rei, almoçamos o melhor peixinho que já comi na vida. O famoso peixe na folha da bananeira, muito famoso em Noronha! Vale a pena mesmo! Recomendo com veemência.

Voltamos de taxi pra dar tempo de fazer o check-out na hora combinada. Um pedacinho curto, R$ 15,00….

Hora de voltar pra Natal. Chegamos no minúsculo e mal cuidado aeroporto de Noronha (em reforma na época). Hora de devolver o recibo de pagamento da taxa de permanência na ilha (guarde-o quando chegar à ilha) e esperar o avião da Trip…. que peninha de ir embora!

Ficamos tristes em saber que a taxa fica todinha com o governo de Pernambuco ao invés de ser revertida em benefício da ilha.

Igrejinha de Noronha se preparando para um casamento

Igrejinha de Noronha se preparando para um casamento

Outras informações sobre Noronha:

Em Noronha ficamos na Pousada Nascer do Sol, na Vila do Trinta. Pertinho da Praça. Simples, mas boa!
Na maioria das pousadas em Fernando de Noronha, eles não trocam as toalhas diariamente. Você tem que avisar, ou deixá-las jogadas no chão quendo quizer que sejam trocadas. Isso porquê lá é importante economizar água.

Café da manhã bem servido e quarto arrumadinho. Mas…. cobravam direitinho: R$ 0,50 por minuto em ligações À COBRAR!! R$ 5,00 pra colocar coisas particulares no frigobar !!

Não deixe de experimentar a tapioca de Noronha na Cia da Lua, muito boa mesmo!

Água mais barata que achamos foi no mercado. Se não, se paga de R$ 3,00 a 5,00 por 500ml.

Tem um micro ônibus em Noronha, não é baratinho, mas é uma boa opção. Ele percorre todo o trajeto asfaltado da ilha.

Também tem carros que por R$ 3,00 levam o pessoal para as palestras do IBAMA. Geralmente passam na rua gritando “palestra”…

Noronha não tem sujeira, não tem violência… é uma região de beleza intensa e para onde as pessoas vão sem segundas intenções. Portanto, lembre-se: se você for a Noronha, não suje, não quebre. Respeite o local e as pessoas. Os moradores são realmente muito atenciosos e educados.

Porto de Santo Antonio e Morro do Pico

Porto de Santo Antonio e Morro do Pico

Existe um ponto de acesso à Internet no bar/loja Cia da Lua, que fica no Bosque dos Flamboyants. Acho que pagamos algo em torno de R$ 3,00 por 15 minutos. Mas é leeeeento…

Veja aqui alguns dos locais descritos nesse relato:


Visualizar Fernando de Noronha, PE, Brasil em um mapa maior

——-

Sexta feira em Natal
Tínhamos somente um dia. Resolvemos então fazer o famoso passeio de buggy nas dunas de Genipabu. Depois de Noronha, tudo fica meio comum. Mas, claro, adoramos Natal também. Passamos um dia muito bacana com direito a eskibunda, aerobunda, caipirinha de acerola e muita tranquilidade. Lá decolei de asa delta da praia… e pude passar 15 minutinhos muito gostosos, literalmente voando. R$ 120,00… mas, valeu!

NATAL

Natal

Outras informações sobre Natal:

Em Natal ficamos no Delphia Terrazzo em Ponta Negra, um flat muito bom.

Em Natal, na hora de contratar um bugueiro para o passeio nas dunas, procure se informar pois os preços variam bastante. Mas, cuidado com os irresponsáveis.

Para comprar lembrancinhas, melhor mesmo é procurar as feiras de artesanato. São muitas, algumas menores, outras com vários andares, mas as mercadorias não variam muito. O que tem em uma, geralmente tem em outra. Achei muita coisa baratinha, mas também muita coisa cara. O negócio é rodar preço.

Boa viagem!!!

Gostou do artigo? Dê um “curtir” e compartilhe com seus amigos.


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

    Receba nossas atualizações por e-mail:



7 Responses to Fernando de Noronha e um pouquinho de Natal

  1. Vanessa disse:

    Olá! Muito legal seu post… pena que nosso país não tem o devido cuidado com coisas tão lindas como esse paraíso. Esitve em Noronha em março desse ano, na minha segunda visita à ilha (a primeira em 2010). Infelizmente pude constatar muito lixo nas ruas, a vegetação esta bem degradada, muitas encostas cobertas apenas por terra e uma população local mau orientada. Noronha infelizmente esta se tornando um local de turismo xique, ocupado por poucas pessoas preocupadas com seu cuidado. Claro, que pelo preço a se pagar nessa viagem e a distância da costa o lugar ainda conserva-se muito bonito, principalmente no que se trata de beleza submarina. Espero que na próxima visita não a encontre mais abandonada…

    • Camila Guerra disse:

      Oi, Vanessa!
      Uma pena saber disso. Noronha é um lugar único e acho que uma solução seria limitar a quantidade de visitantes. Mas eles querem justamente o contrário, então fica complicado mesmo. É quase impossível impedir a degradação.
      Gostaria de voltar lá um dia, pois é um dos lugares mais lindos que já vi na vida.
      []’s

  2. Camila!!!!
    Amei o post e o vídeo… Estarei em Fernando de Noronha daqui a 2 semanas… Mas vou fazer mais trilhas, já que é mais a minha praia! :)
    Quero muito ver tartaruga e o golfinho!!!! Amo bichinhos, igual a você!
    Bjs e obrigada por compartilhar!

    • Camila Guerra disse:

      Obrigada, Carla!
      Pôxa, na época eu ainda não sabia o quanto eu gostava de trilhas e acabei fazendo poucas. Pretendo voltar para fazer as outras.
      Noronha é um paraíso para quem gosta de vida e beleza natural. ;)
      Boa viagem.
      []’s

  3. Olá Camila. Lindo blog e ótimas fotos!
    Pois é, preciso juntar dinheiro e me dar de presente essa viagem ao paraíso brasileiro… É um dos destinos mais lindos do Brasil que ainda não fomos por causa da grana… Valeu as dicas. Quando quiser conhecer mais destinos pela América do Sul, visite nosso blog. Voltarei sempre! Bjs

    • Camila Guerra disse:

      Olá Carla!
      Obrigada pela visita.
      Noronha é realmente uma ilha incrível. Vale juntar uma grana e ficar lá pelo menos uma semaninha. Ficamos pouco tempo, me arrependi depois. :(
      Seu blog é muito show. Parabéns!
      []’s

  4. camilaguerra disse:

    Para o pessoal que está indo agora para Noronha, existe uma nova taxa.

    Ingresso de R$ 65 para visitar Fernando de Noronha entrará em vigor a partir de abril/2012 e se aplica à permanência de até dez dias. Estrangeiros pagarão o dobro, e Taxa de Preservação Ambiental continuará sendo cobrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top