Pin It
Home » Dicas » Saiba como tirar ou renovar visto americano, passo-a-passo


Como tirar visto americano

Como tirar visto americano

Desde abril de 2012 o processo para solicitação e renovação de vistos para os Estados Unidos foi modificado. Criaram uma taxa única, que atualmente é de U$ 160 e dividiram o processo em duas etapas. As etapas separadas ficaram mais rápidas, mas o processo ficou ruim para quem mora longe e precisa se deslocar até o consulado ou embaixada mais próximos. Somente quatro cidadades concedem o visto americano: Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife. Renovei meu visto em janeiro de 2013 e vou contar neste artigo como é o processo todo.

Após ler o passo-a-passo, antes de postar sua dúvida leia nosso artigo “Visto Americano – 26 perguntas e respostas



Primeiro passo:
Primeiramente você precisa ter um passaporte com validade mínima de 6 meses (contando da data que você voltará de viagem). Se não possui passaporte ou o seu venceu, consulte o site da Polícia Federal para instruções sobre como requerer um passaporte.

Não existe renovação de passaporte, portanto, todos os processos são iguais.

Tirar passporte pode ser um processo demorado, não perca tempo!

Tirar passporte pode ser um processo demorado, não perca tempo!

Lembre-se que dependendo da cidade e do local onde você for fazer o passaporte, pode demorar um pouquinho para encontrar datas disponíveis. Planeje com antecedência e veja outros locais disponíveis.

Segundo passo:
Acesse o link https://ceac.state.gov/genniv/ e preencha o formulário DS-160. É um formulário bem extenso com informações pessoais como documentos, datas (aproximadas ou reais) da viagem, informações sobre seu emprego, informações do acompanhante. Na última parte do formulário você responde perguntas declarando se tem ou não vínculo com terrorismo e coisas do gênero. O último passo é fazer o upload de uma foto sua. O formulário é extenso mas você pode ir preenchendo aos poucos. É só ir salvando e guardar o número de registro dele. Quando for acessar o site para continuar preenchendo, vai precisar desse número.

Depois de inserir a foto, o sistema pede que confirme as informações e que você “assine” o formulário. Depois disso, não tem como voltar atrás para refazer nada. Portanto, preste bastante atenção na hora de preencher tudo.

Terceiro passo
Entre em https://usvisa-info.com, registre-se e faça o pagamento da taxa única. Para vistos de não imigantes, ou seja, de turismo/negócio (B1/B2), a taxa é de US$ 160. Você pode pagar por boleto bancário ou por cartão de crédito via site ou telefone.

Nesse mesmo site você vai marcar as suas visitas. Sim, no plural. Depois que mudaram o processo em 2012, é necessário duas visitas mas as datas para agendamento ficaram bem mais próximas. Antes você marcava para muitos meses à frente… era um parto! A marcação pode ser feita através do site, pelo Skype USVISABRAZIL ou pela central de atendimento e não tem jeito, não pode marcar para o mesmo dia. Ruim para quem mora longe, né? O solicitante tem o prazo de até 8 dias de intervalo para marcar as visitas. As unidades do CASV estão em Rio de Janeiro, duas em São Paulo (Vila Mariana e Alto de Pinheiros), Brasília, Recife e Belo Horizonte (Lembrando que em BH não dá pra fazer entrevista, mas pra quem está dispensado dela, o CASV resolve).

Nesse site tem muitas informações, leia os textos com atenção para saber como proceder. Sua primeira visita será ao CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto). Eles funcionam de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e aos domingos das 13h às 18h.

Aqui você também vai escolher em qual endereço deseja receber seu passaporte caso opte pela entrega via courrier (geralmente DHL). Há também a opção de você retirar o passaporte no local.



Após o pagamento da taxa, o sistema habilitará o calendário para marcação da entrevista e, logo em seguida, para marcação da data de comparecimento ao CASV que você escolher.
Aqui tinha uma pegadinha. Meu visto foi emitido em 2007 para 5 anos. Teoricamente eu não precisaria ter feito nova entrevista. Acontece que o sistema habilitou a marcação para a entrevista e eu marquei. Imaginei que o sistema não habilitaria a marcação de entrevista para os vistos que poderiam ser dispensados dela. Chegando ao CASV fui perguntar. A atendente explicou que uma vez marcado, não havia como desmarcar, mas que minha renovação poderia ter sido apenas via CASV, sem necessidade da entrevista. Portanto, tive que comparecer à entrevista assim mesmo. Se você tiver dúvida, talvez valha mais a pena tentar marcar pelo telefone ou pelo Skype.
Atualização: Um tempo depois de publicar esse artigo o Consulado mudou o ano para isenção de entrevista para visto emitidos a partir de 2008. Então acredito que essa pegadinha que descrevi acima não acontecerá mais.

Bem, a ordem das visitas é o inverso:
– Primeiro você vai no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) para entregar:
* confirmação de preenchimento do DS-160 (folha impressa com o código de barras. Não precisa levar o formulário completo)
* passaporte com validade mínima de seis meses
* folha de confirmação de pagamento da taxa (impressa diretamente no site após o pagamento)

Lá eles conferem a documentação, confirmam a forma de entrega do passaporte e endereço, tiram uma foto sua (que será a oficial do seu passaporte) e coletam suas impressões digitais. É bem rápido. Quando fui, não gastei 10 minutos lá dentro. Tudo muito bem organizado com várias atendentes ajudando o pessoal que vai chegando e encaminhando todo mundo para os devidos guichês.

Dica importante aqui: verifique se o atendente do CASV carimbou sua folha com código de barras do DS-160. Se não carimbou, peça o carimbo pois vai precisar dele no consulado. Aconteceu com uma senhora de Salvador que estava ao meu lado no consulado. Ela teve que esperar um tempão até eles verificarem se estava tudo ok com o processo dela.

americano

Primeira folha do formulário DS-160. Não precisa imprimir o formulário todo

– Depois você vai no Consulado levando os mesmos documentos, além de seu passaporte anterior com visto vencido (se for o caso) e todas as provas de que você tem motivos mais do que suficientes para retornar ao Brasil e que não pretende imigrar.

Para provar isso, você pode levar cópias de seu último contra-cheque, contrato de trabalho, matrículas em cursos e faculdades, documentos comprovando que você tem casa própria, carro, certidão de casamento, certidão de nascimento dos filhos… enfim, qualquer documento que comprove vínculo a longo prazo com o Brasil.

Na hora da entrevista o agente do consulado vai fazer algumas perguntas que ele achar pertinente dependendo de cada caso/pessoa. É importante que esteja seguro com relação às informações que forneceu para que não caia em contradição. Mas, no geral as perguntas são simples e rapidamente você está liberado.

Veja nosso post com treze dicas para fazer uma boa entrevista para o visto americano.

Atualmente os vistos americanos estão sendo concedidos com mais facilidade, conforme o presidente Barak Obama prometeu. São poucos os casos de visto negado hoje em dia.

Não ponha sua viagem em risco, tire seu visto bom antes

Solicite seu visto com antecedência. (Foto: sxc.hu)

No meu caso, que era renovação, o agente consular me perguntou o seguinte:
– se eu já havia visitado os EUA antes e o que eu tinha ido fazer lá
– olhou no sistema o nome da empresa para a qual eu trabalhava e perguntou qual era o negócio da empresa e havia quantos anos trabalho para essa empresa
– qual cidade dos EUA pretendo visitar
– se eu tenho parentes lá

No fim, coletou minhas impressões digitais da mão esquerda.

Antes de eu ser atendida, o mesmo agente atendeu uma senhora. O filho dela mora nos Estados Unidos e trabalha em uma universidade lá. Ela é aposentada e estava saindo pela primeira vez do Brasil para visitar o filho. Depois iria aproveitar para passear e visitar outras cidades em companhia de uma amiga. O interrogatório foi extenso. O agente consular pediu que ela mostrasse extrato bancário, comprovante de renda, comprovação de casa própria, comprovante de residência e fez MUITAS perguntas. No final concedeu o visto, mas cheguei a duvidar que ela conseguiria. Então, não dê mole. O mesmo agente não me pediu documento algum, mas se tivesse pedido, não haveria problemas pois eu tinha levado tudo e poderia provar que tenho recursos para pagar por uma viagem aos Estados Unidos e que tenho motivos suficientes para voltar para o Brasil.

Lá mesmo no consulado, logo quando você entra, te dão um papel com um link para você acompanhar a liberação do seu passaporte/visto pela Internet. Quando o passaporte é postado pra você, o consulado te manda um e-mail com o número para que você acompanhe a entrega. Fiz a entrevista no dia 10, meu passaporte chegou por DHL com o visto no dia 16.

Informações Gerais

Estão isentos da entrevista os menores de 15 anos que vão tirar o visto B2 e os idosos com idade acima de 66 anos que vão tirar o visto B1/B2 e que nunca tenham tido o visto negado. Na prática isso significa que se você for renovar visto para a família, não precisa levar os menores e nem os maiores de 66. É só levar uma fotografia deles (nos padrões que o Consulado exige), o passaporte deles, o recibo de pagamento da taxa e a folha do formulário DS-160 com código de barras. Pode marcar todo mundo num horário só e resolver de uma só vez. Aqui tem mais info sobre a isenção da entrevista

Conforme mencionei acima, os vistos nas categorias B1, B2, C1/D, F e M com validade máxima (5 ou 10 anos) podem ser renovados sem que o solicitante passe pela entrevista no Consulado/Embaixada, desde que o visto ainda esteja válido, ou tenha vencido em até 48 meses, e que o solicitante tenha tido suas impressões digitais coletadas para o visto anterior e esteja renovando o mesmo tipo de visto. Mais info

Não é permitido entrar no consulado com celulares e outros aparelhos eletrônicos.

Como tirar o visto americano para visitar os Estados Unidos


Como chegar no CASV e no Consulado Americano no Rio de Janeiro

Sou de Petrópolis, RJ, e por isso fiz o processo todo no Rio de Janeiro, local mais próximo para mim. Como não fui de carro, para chegar ao CASV peguei um ônibus Petrópolis x Rio (rodoviária Castelo – terminal Menezes Côrtes) e ali pertinho peguei o metrô da Carioca até à estação de Botafogo. De lá preferi pegar um taxi que me custou R$ 9,45 (dá pra chegar de ônibus também). O mesmo processo para o retorno. Fácil.
No outro dia peguei também o Petrópolis x Rio até o terminal Menezes Côrtes e fui andando até o Consulado, que é perto (para quem não se importa em andar um pouquinho).

Para quem vem de outras cidades, de ônibus, e vai para a rodoviária Novo Rio, tem duas opções: ônibus ou taxi. Perto da Novo Rio, vergonhosamente, não tem estação de metrô.

O Aeroporto Santos Dumont fica também relativamente perto do Consulado Americano no Rio de Janeiro. Perto do consulado tem o metrô da Cinelândia. Já o aeroporto do Galeão (Aeroporto Internacional do Galeão – Antonio Carlos Jobim) fica longe de tudo.

Dúvidas sobre o visto? Nos comentários abaixo você encontra várias dúvidas já respondidas. Ajude a blogueira aqui e antes de postar a sua dúvida, veja abaixo se ela já foi respondida. Os comentários trazem também informações importantes e dicas relevantes sobre o processo e tudo o que envolve o visto americano. E leia também nosso artigo “Treze dicas para fazer uma boa entrevista para o visto americano” e “Visto Americano – 26 perguntas e respostas” Não deixe de ler, ambos têm muitas perguntas e respostas. ;)

Outra fonte de informações é o próprio site para marcação das entrevistas. Veja a FAQ deles.

Quem não quiser passar pelo processo do visto americano, uma alternativa é a dupla cidadania européia. Com ela, você só precisará emitir o ESTA para viajar, que é muito mais barato e rápido. Para quem tem antepassados portugueses, recomendamos a leitura desse livrinho com o relato do autor sobre o processo de obtenção da cidadania portuguesa: “Como consegui minha nacionalidade portuguesa por atribuição“.

Gostaria de deixar claro que as respostas são minha opinião pessoal baseada em minha própria experiência. Minhas respostas não podem ser consideradas verdades absolutas. Pesquise mais, leia outras experiências e tire suas próprias conclusões. Nem eu e nem este blog temos qualquer ligação ou contato com a embaixada ou com qualquer consulado americano. Tempouco trabalhamos com vistos.

DEVIDO A QUANTIDADE ENORME DE PERGUNTAS REPETIDAS E A MINHA FALTA DE TEMPO, NÃO ESTOU MAIS RESPONDENDO AOS COMENTÁRIOS NOS POSTS RELACIONADOS AO VISTO AMERICANO.

Precisa de hotel nos Estados Unidos? Reserve online pelo Booking:

Gostou do artigo? Dê um “curtir” e compartilhe com seus amigos!


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

    Receba nossas atualizações por e-mail:



773 Responses to Saiba como tirar ou renovar visto americano, passo-a-passo

  1. Jaime disse:

    Faz diferença na aprovacao do visto citar que vou com minha irma e meu cunhado que já tem visto e já foram pros EUA? Não ha risco de negarem por isso?

  2. Lucilla disse:

    Olá Camila,
    Estou ajudando uma amiga a tirar o visto, porém ela é autônoma, mas não está com emprego no momento, o que eu coloco na parte de “work”? Quem vai pagar a viagem é o namorado dela que é britânico!
    Obrigada.

  3. isaias disse:

    tirei meu visto em novembro de 2004. e ele venceu em 2010. o que tenho q fazer pra renovar? tenho que ir no consulado?

  4. Rosely disse:

    Oi, Camila. Minha filha está precisando renovar o visto de turista dela. Ela está em Nova York renovando de lá. Me pediu uma carta emitida pelo banco que ateste que eu tenho condições financeiras de sustentá-la . Esta carta deve mencionar valores em dolar. Que carta é essa?

    • Camila Guerra disse:

      Oi Rosely,
      Sinceramente não sei se o bando poderia emitir esse tipo de carta, só mesmo entrando em contato com seu gerente. Mas será que eles não querem o extrato bancário? Aqui no consulado americano no Brasil usa-se o IR e o extrato do banco.
      Quanto aos valores, acho que não tem importância ser em real. Afinal, é tudo dinheiro, independente da moeda.
      []’s

  5. Leonardo Wilde Faustino disse:

    BOM DIA !
    ESTOU DE CASAMENTO MARCADO PARA AGOSTO DE 2015,PRETENDO PASSAR A LUA DE MEL EM SANTA CLARA, CALIFÓRNIA PARA VER UNS JOGOS SÃO FRANCISCO 49ERS . NFL …
    TRABALHO , ESTUDO TENHO RESIDENCIA FIXA .
    SERÁ PELO FATO DE ESTÁ CASANDO FICARIA MAIS FÁCIL TIRA O VISTO ???
    ATT LEONARDO

  6. Marcos disse:

    Camila, tenho uma dúvida. Estou separado e minha ex esposa quer ir para o EUA a passeio com minha filha de 8 anos. Tirei o passaporte pra eles e aproveitei e retirei o meu, marquei a entrevista do visto para todos juntos, é preciso levá-los ou posso ir sozinho? Ela tem uma renda menor que a minha se ela for sozinha ela conseguira retirar o visto ou eu preciso estar junto por ter uma renda maior que a dela?

  7. Fernanda Daumas disse:

    Olá, boa noite!
    Preciso de uma ajuda. Viajarei com meu marido, mãe e irmã e gostaríamos de agendar as entrevistas juntos. Porém, eu me enquadro na renovação de visto entre 2004 e 2008, meu marido para renovação de vistos emitidos após 2008e minha mãe e minha irmã irão solicitar o visto pela primeira vez.
    Respondi o questionário DS 160 para cada um e na etapa de agendamento, inclui todos nós juntos, achando que depois iria ter a opção de colocar o propósito da viagem (renovação ou visto pela primeira vez) para cada um. Mas não foi isso que aconteceu. Apareceu meu nome como o solicitante principal e depois das outras 3 pessoas, e o propósito de renovação de visto (para todo mundo). Paguei a taxa e apenas nos deu a opção de agendar o CASV para nós quatro. E agora, minha mãe e irmã que precisam fazer a entrevista, como vou agendar? Por que não me deram a opção de marcar a entrevista para elas?
    Agradeço o retorno.
    Abs,
    Fernanda

  8. Carolina disse:

    Olá, eu tenho algumas dúvidas, creio que possa me auxiliar,
    No início do ano tive um problema, eu comprei uma viagem para Porto Rico e não pude viajar, como a ilha é “independente” imaginei que não precisaria de visto americano, pois é, me enganei, por fim mudei o voo e consegui passar as minha férias em Punta Cana.
    Tenho uma relação estável, ou seja, não sou casada no papel, meu companheiro é alemão, então não precisa do visto.
    Após essa frustração toda de não conseguir viajar, ele vem me pressionando para tirar o visto, porém eu creio que não conseguiria porque eu não tenho um emprego fixo, sou autônoma, não tenho filhos, casa própria e também já não estudo mais, ou sejam meus vínculos são muito poucos, gostaria de ter a sua opinião à respeito, acha que mesmo assim eu consigo o visto?

    • Camila Guerra disse:

      Carolina, o visto é um processo onde você tenta provar que pretende visitar um país norte-americano mas não imigrar. Esse é o objetivo principal do agente consular: descobrir se você é um imigrante em potencial.
      Se puder comprovar renda de alguma forma, já é um bom passo. Mesmo sendo autônoma, teria um motivo para continuar no Brasil.
      Tenha em mente que se o agente julgar que a sua condição aqui é inferior ao que você poderia conseguir lá, então ele provavelmente negará o visto. Se ele julgar que aqui você está bem servida, quero dizer, consegue se manter bem e não tem motivos para buscar algo nos EUA, então tende a te conceder o visto.
      Mas isso você só vai saber tentando.
      []’s

  9. ROBSON LOUZADA LOPES disse:

    Ola, parabéns pela iniciativa. Minha dúvida é a seguinte. Estou pedindo renovação do visto e ao mesmo tempo estou pedindo visto para minha mae e sobrinho. Este último tem 14 anos e assim como eu estará isento de entrevista. A pergunta é: Como comprovar que ele será custeado por mim e que temos vínculo de parentesco se não há entrevista?

    • Camila Guerra disse:

      Robson, a princípio não precisa comprovar nada. O consulado vai analisar o DS-160 do garoto (e o seu também, embora seja renovação) e se achar que deve, vai contactar vocês para marcarem uma entrevista.
      []’s

  10. Dri disse:

    Olá Camila,

    Minha dúvida é o seguinte: meu irmão esta nos EUA através do programa Ciências sem Fronteiras, ou seja, tem data pra retornar. Sou casada e eu, meu esposo e meus pais pretendemos tirar o visto e ficaremos somente em Hoteis. Meu pai é funcionário publico faz 20 anos e minha mãe dependente dele e tem uma renda muito boa, eu e meu esposo juntos temos uma boa renda também. Na hora de preencher o formulário, preciso colocar a respeito do meu irmão? Você acha que pode ser um motivo para negarem o visto? Tenho medo de na hora da entrevista não perguntarem o que meu irmão está fazendo lá e eu não poder explicar e acabarem negando nosso visto. Obrigada

    • Camila Guerra disse:

      Dri, se tem boa situação no Brasil, não acho que isso seria um problema. Mas a opção de declarar parente é pessoal.
      Caso resolva declará-lo, acho bom levar algum documento sobre o que ele faz lá.
      []’s

  11. janaina disse:

    Olá,
    Meu visto ira vencer em agosto, já preenchi os formulario e paguei a taxa… Minha duvida é sobre o agendamento da entrevista, li em outro sites que na renovação no visto eu ficarei isento da entrevista. gostaria de saber se vc tem alguma imformação sobre isso. Obs: meu visto anterio tinha validade de 6 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top