Dicas para caminhadas leves

on ago 27, 12 • by • with No Comments

Pin It
Home » Dicas » Dicas para caminhadas leves


Vamos caminhar?

Vamos caminhar?

Sempre nos perguntam o que levar, que roupa usar e o que é necessário para uma caminhada segura na mata. Por isso, fizemos este post para que você esteja preparado para as suas primeiras trilhas leves. Veja algumas dicas abaixo:

Dicas para uma caminhada mais prazerosa:

– Vá de tênis ou bota com boa sola. JAMAIS USE CALÇADO COM SOLADO LISO!!! E lembre-se: é muito possível que ele retorne sujo. Muito sujo.

– Use boa meia para que seus pés tenham mais conforto. Se você transpira muito nos pés, evite meias de algodão, pois elas encharcam e causam bolhas (nas caminhadas mais longas é aconselhável levar uma meia extra para trocar caso a sua encharque demais). Meia molhada por muito tempo é garantia de bolhas, veja como evitar bolhas nos pés.

– Se a trilha for na mata ou com vegetação baixa, mas densa, vá de calça comprida ou de calça-bermuda, para evitar que galhos baixos arranhem suas pernas. Evite usar bermuda enquanto estiver em trilhas nessa situação.

Proteja pés e pernas mesmo com vegetação baixa

Proteja pés e pernas mesmo com vegetação baixa


– Evite calça jeans, pois ela prende os movimentos e fica pesada se encharcada com suor, além de demorar a secar e dificultar a transpiração. Prefira moletom, tactel e tecidos leves. As mulheres podem abusar das calças legging.

– Se você transpira muito, as camisas de algodão não são as melhores, pois encharcam rápido e custam a secar. O ideal é usar camisas de dry-fit ou outros tecidos sintéticos que secam com facilidade.

– Ainda falando de transpiração, se você molha muito a camisa quando pratica alguma atividade física, leve uma camisa extra para trocar quando chegar ao cume de uma montanha, e talvez até uma toalhinha para se enxugar. Camisa molhada e vento não combinam, podendo terminar em um resfriado indesejado.

Sugestão do que levar:

– Para começar, claro, uma mochila. Não leve bolsas que incomodem, escorreguem ou que você precise segurar com as mãos.

– Leve água e evite beber enquanto estiver andando para evitar cansar muito. O ideal é que pare para beber e enquanto estiver subindo, não exagere na água. Quanto mais água, mais cansado você ficará nas subidas. Chegando ao destino, beba quanta água quiser. Bastante, de preferência.

– Em algumas trilhas é possível pegar água nos riachos pelo caminho mas, para isso, você precisa usar pastilhas de clorin e esperar cerca de 1h até poder bebê-la. Por mais limpa que seja a água, ela pode carregar, por exemplo, detritos de animais mortos ou fezes de animais. Melhor prevenir do que remediar, não é?

Caminho na mata

Caminho na mata

– Para cainhadas até poços e cachoeiras, cuidado com o choque térmico devido a água muito gelada. E observe cuidados especiais em locais para banho na natureza.

– Se usa algum tipo de remédio em horários específicos, leve-os para que não corra o risco de perder o horário da dose no caso de um atraso. E saiba que, por mais que você programe horários, imprevistos acontecem. Além disso, você pode resolver ficar mais um pouco curtindo o visual ou descansando.

– Não deixe de levar um pequeno kit de primeiros socorros com esparadrapos, água oxigenada, merthiolate, band-aids, algodão, gaze e afins. Meu kit já me salvou em algumas situações.

– Usar boné / chapéu é importante. Mas informe-se, pois se no local da sua visita ventar muito e, especialmente se for no inverno, leve também gorro. Os motivos são dois dos mais óbvios: o vento não deixa o chapéu / boné quietos na cabeça e o gorrinho protege do frio.

Na montanha é comum ventar muito. Blusa, gorro e luvas salvam do frio

Na montanha é comum ventar muito. Blusa, gorro e luvas salvam do frio


– Seguindo essa linha, a blusa de frio não pode faltar, pois dependendo da condição do tempo no dia, o vento pode ser gelado e a sensação térmica, mais gelada ainda. Mesmo que o tempo esteja agradável na sua casa, não arrisque! Um corta-vento também é uma excelente pedida para a montanha.

– Protetor solar para os que são sensíveis ao sol (mesmo sem sol). Na montanha queima-se mais e mais rápido.

– Lanche (como a caminhada é leve e rápida, leve algo que você tem costume de comer mas que não faça peso em seu estômago). Sugerimos um sanduiche simples. Outras opções são biscoito, barrinhas e frutas mas isso depende do tamanho da sua fome. Depois de uma subida em montanha, a fome é companheira certa.

– Câmera fotográfica (não esqueça a bateria e o cartão de memória)

– Binóculos

– Óculos de sol

– IMPORTANTE: Saco plástico para trazer de volta o seu lixo

Observações finais:

– Verifique a previsão do tempo. Não corra o risco de iniciar uma caminhada achando que o tempo vai melhorar. Chuva na montanha, raios, muito vento na mata são sempre sinais de perigo. Fique alerta!
– Quando entrar na mata, entre com o coração repleto de boas vibrações. Peça ao Ser de sua crença (se tiver alguma) que te acompanhe e que te permita uma boa caminhada.
– Evite caminhar sozinho, especialmente se você for inexperiente.
– Cuidado com a desidratação
– Não mate, maltrate ou assuste propositalmente os animais pelo caminho.
– Não arranque mato, flor ou qualquer planta.
– Não deixe NENHUM lixo para trás. Traga de volta tudo o que você levou.
– Olhe sempre, SEMPRE, onde vai pisar, se apoiar ou colocar a mão.
– Não beba bebidas alcólicas na montanha.  O álcool dá uma falsa sensação de calor expulsando o calor dos órgão para a pele… perigo!
– Cuidado com a lei de Murphy e não abuse da sorte!

Veja algumas de nossas dicas de trilhas

E divirta-se, afinal, é para isso que se caminha! :)

Esquecemos alguma coisa? Deixe sua opinião.

Gostou do artigo? Dê um curtir e compartilhe com seus amigos.


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top