Pin It
Home » Destaque, Viagens no Brasil » Circuito das Bromélias – poços do Parque Nacional da Serra dos Órgãos


Em um fim de semana de inverno com tempo instável, havíamos planejado subir o Alicate no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Acordamos e achamos que a névoa da manhã se dissiparia com o sol. Partimos para o PARNASO ainda animados para chegar ao Morro do Alicate. Pelo caminho notamos que o tempo estava fechando cada vez mais e então decidimos fazer uma trilha mais leve e mais curta para o caso da chuva aparecer.

O Circuito das Bromélia é uma trilha fácil com muitas bromélias e que vai margeando o rio. Pelo caminho a gente vê várias entradinhas com pequenas trilhas abertas. Essas entradas levam a vários poços formados ao longo do rio. Excelentes para banho, com águas limpas e lindas! Passamos pelo Poço Paraíso, Poço das Bromélias, Poço das Duchas, Poço dos Primatas e muitos outros pequenos poços de águas cristalinas.

O circuito dos poços é leve, bonito e vale a pena!

O circuito dos poços é leve, bonito e vale a pena!


Começamos a caminhada entrando pela trilha que leva ao primeiro poço do parque, o poço Paraíso.

Início dos poços pela trilha que margeia o rio

Início dos poços pela trilha que margeia o rio


Mas antes de chegar nele, passamos pelo lindo caminho por dentro do bambuzal. O caminho é tão bonito que dá vontade de ficar por ali. Parece que estamos em outro mundo.

Ainda no bambuzal vemos uma entrada óbvia à esquerda que leva ao poço Paraíso, um poço grande e talvez o mais frequentado, especialmente no verão. Como ele é bem próximo à portaria do parque e de acesso muito fácil, talvez por isso, é naturalmente mais visitado. Se você for em dias quentes, chegue cedo para tomar um banho mais tranquilo.

Poço Paraíso, o mais frequentado

Poço Paraíso, o mais frequentado


Andamos mais um pouco descendo sempre as pequenas trilhas à esquerda que levam a outros pequenos poços ou a trechos curiosos do rio. Vale a pena dar uma espiada em todos eles.

Ao longo da trilha, vários poços para banho e fotos

Ao longo da trilha, vários poços para banho e fotos


Continuando na trilha, que é bem óbvia e aberta. Você vai ver que o caminho começa a se enfeitar com várias bromélias de todos os tamanhos. O Circuito das Bromélias tem esse nome por um motivo óbvio: você encontra várias delas, de todos os tamanhos, pela trilha. Os olhos mais atentos encontrarão também outras plantinhas e bichinhos curiosos.

Fungo na trilha

Fungo na trilha


O poço das Bromélias é um lugar muito bacana para uma parada e um banho tranquilo.

Esse circuito é muito legal para quem está aprendendo fotografia e quer praticar as várias possibilidades no tempo de exposição, abertura de diaframa, ISO por causa das quedinhas d’água. Dá para brincar bastante com a câmera. :)

Cachoeira de quatro metros. Boa para praticar o efeito cortina

Cachoeirinha de quatro metros. Boa para praticar o efeito cortina


As pedras enfeitam alguns poços com suas formas redondas de todos os tamanhos e cores.

Pedras que se acumulam em alguns poços e trechos do rio

Pedras que se acumulam em alguns poços e trechos do rio


Os olhares mais atentos e interessantos acharão muitos motivos para fotos. Sem contar com o barulho maravilhoso dos passarinhos que cantam por ali. Vale a pena fazer esse circuito com calma e ver, ouvir, observar a natureza.

Uma das muitas bromélias florindo pelo caminho

Bromélias florindo pelo caminho

Mais curiosidades da trilha

Mais curiosidades da trilha

Ficamos um pouco em cada poço, sentados nas pedras, testando fotos. Lanchamos observando a natureza curtindo o momento. O tempo não estava bom mas isso nos ajudou a capturar com mais facilidade as águas cristalinas e geladíssimas dos poços e as quedas branquinhas.

Quem tem o livro guia de Trihas do Parnaso do Waldyr Neto, pode seguir o roteiro que ele indica. Nós fizemos um roteiro diferente, mas passamos pelos mesmos lugares.

Quem sobe já pela trilha que acompanha o rio, faz o trajeto todo por dentro da mata. Quem sobre pela trilha do Véu da Noiva para depois descer fazendo o Circuito das Bromélias, anda um pouco por um trecho aberto.

É uma caminhada super leve e super bacana especialmente para ser feita no verão. Alguns trechos são escorregadios e com um pouco de charco. Aproveite e tome um banho nas águas cristalinas do rio que corta o PARNASO Petrópolis.

Tenha bastante atenção e muito cuidado pois as pedras de apoio são escorregadias e lodosas. Isso pode render tombos importantes!:)

Olha eu aí pulando umas pedronas! :)

Olha eu aí pulando umas pedronas! :)


Não deixe de ler nossas dicas sobre os cuidados que devemos ter nas cachoeiras e rios.

Pra moradores da região o PARNASO dá desconto na entrada do parque. É necessário levar documento que comprove que você é da região ou um comprovante de residência.

Gostou do artigo? Dê um “curtir” e compartilhe com seus amigos!


Siga-nos no Twitter: @viagensandancas (www.twitter.com/viagensandancas)
Curta o Viagens & Andanças no Facebook: www.facebook.com/viagenseandancas

    Receba nossas atualizações por e-mail:



Sugestão de leitura:

6 Responses to Circuito das Bromélias – poços do Parque Nacional da Serra dos Órgãos

  1. Luciano disse:

    Boa tarde , alguém sabe informar se este caminho pode ser feito de bike ? e liga quais cidades e se possível a distância entre elas , obrigado !

  2. Jeferson disse:

    Olá Vanessa, tudo bem ?
    Vc teria um mapa mostrando essas trilhas com uma distância aproximada delas ?

    Obrigado.

  3. Vanessa disse:

    Muito lindas suas fotos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Scroll to top